Pesquisar este blog

domingo, 15 de janeiro de 2012

A Cruzada da Psicanálise...



As entidades e instituições ligadas à Psicanálise no Brasil, decidiram lançar a sua Cruzada Recuperar a Terra Prometida Freudiana... Mas por que não aprendem um pouco? Até bem pouco, rascunhar e projetar as caricaturas freudianas foi suficiente, mas não mais... Um curso de Psicologia no Brasil 'ainda' passa bem longe do que 'é' um ser humano, atendo-se às idéias - nada científicas, e sem a mínima fundamentação -, dos grandes 'mestres da achologia', com destaque para Freud, Jung e Lacan... 


É bem verdade que nos últimos anos isso tem mudando, em importantes centros como a UFSCar, a USP, onde majoritariamente o curso de psicologia tem fundamento Neurocientífico... A UFSCar, ao invés de apenas retirar da grade curricular, o que seria uma heresia nos ditos 'meios psicológicos', adotou uma saída política, chamando de 'História da Psicanálise 1 e 2', e mesmo assim forçando o aluno a estudar uma carga horária de 6 horas semanais, durante dois semestres, sobre um tema que está completamente furado e superado... Seria como, em um curso de Biologia, passar dois semestres estudando a Lei do Uso e do Desuso, que já foi completamente derrubada... E no caso da Psicanálise, o buraco é bem mais embaixo, porque estamos falando de charlatanismo, ou coisa bem pior...

Formar-se em Psicologia é uma tarefa relativamente simples, comparado com um curso de Medicina, mas não deveria ser... Clinicar, trabalhar com a mente humana exige uma profunda base Neurocientífica, um mergulho na Genética, assim como em todos os aspectos da Fisiologia Humana... Os tempos mudaram, e 'achar', 'postular' não é nada... Entender e saber, e sobretudo provar, é de fato, tudo... Se querem 'achar' alguma coisa, comecem por estudar... E se desejam aprender, comecem por entender que 'não sabem absolutamente nada'... Não se trata de uma ofensa, e sim de dar ênfase a uma verdade acachapante... 

A Psicologia Moderna e a Neurociência ignoram totalmente a figura de Freud e seus pupilos, sejam eles dissidentes ou não... E alguns, menos passivos, e conscientes de todo o mal causado pela Psicanálise, decidiram exumar a obra de Freud para finalmente caçar o seu diploma... Freud é uma ofensa ao Intelecto Humano... Freud é um disparate sem precedentes na História Moderna... Mas por que, diante de fatos e evidências, os achologistas da psique não entregam os pontos - em seu devaneio coletivo delirante -, e para variar estudam? Porque não refutam ou aceitam evidências? 

A marcha à Terra Santa se limita a reclamar e a criticar - sem a minima base ou fundamento - a Neurociência, Genética e afins, como fazem os líderes religiosos, ao defender suas escrituras... Mas porque não refutam os argumentos que enterram bem fundos os 'casos clássicos', o doentio Complexo de Édipo, o entendimento freudiano sobre todas as coisas, como o enjoo na gravidez, fases do desenvolvimento, sonhos, etc... Gosto particularmente da definição freudiana para os relacionamentos, sob a perspectiva da mulher, quando por não ter um pênis, casa-se com um, para poder chamar de seu... Isso não é só ridículo, é doentio, criminoso e... freudiano... E as mães de autistas, as 'mães geladeira'? Quanta besteira, se não fosse um grave problema de saúde pública, e utilidade pública... 

Em 2012, diante de tudo o que sabemos sobre o homem, seguir ensinando Psicanálise, é uma questão de descaso com a saúde pública... E podemos, provavelmente, estar incorrendo em crimes, previstos no Código Penal...

Tenho muitas dúvidas sobre a dita, 'liberdade religiosa', quando por detrás do indiscutível valor da liberdade, residem os mais degradantes estelionatários... Liberdade de credo, mas nunca, a liberdade de roubar, ludibriar, enganar, religião ou não... Pois resguardemos a liberdade religiosa, mas  separemos primeiramente os criminosos, para que enfrentem as justiça... Então gozamos da liberdade de credo, e pode-se, por exemplo, sair ensinando religião por aí... Mas não emitimos diplomas religiosos, institucionalizando a prática da 'terapia clinica da religião'... Pois, se alguns ou muitos, iludidos por esta falácia cretina, ainda pretendem seguir dedicando seu tempo à religião, psicanálise, viagem astral ou discos voadores, que o façam, mas sem um diploma reconhecido pelo MEC... Não se trata de conhecimento, evidenciado por provas, trata-se da mais pura crença, não diferindo em nada do espiritismo, cristianismo, islamismo...

Então, vemos por aí, para todo lado, e como nunca, um exército de livros psicanalíticos, em verdadeira Cruzada... E não pretendem entregar os pontos, e muitos menos ouvir, coletar evidências, pensar e aprender... As trincheiras dogmáticas do 'freudianismo' estão levantadas... E eles vem com tudo, afinal existem interesses econômicos, e corporativos... O status e o direito a clinicar, de um 'mero' psicólogo, estão em cheque, e a verdade pouco importa... A coragem da verdade, parafraseando Foucault, é para poucos... 

As estantes das livrarias estão apinhadas de 'Freud', em destaque, por toda parte... Relançamentos, reedições, coletâneas... Pra quê? Isso é piada... Toda esta corrida à Terra Santa, foi inciada com a publicação do Livro Negro da Psicanálise, e mais recentemente, eclodiu, com a publicação de 'O Crepúsculo de um Ídolo, A Fábula Freudiana', de Michel Onfray, e ainda não editado no Brasil... Mas as respostas a Onfray já foram escritas, várias... Como a fé, onde as respostas vem antes das perguntas... A fé, que não explica nada, mas afasta, com coices e gritos, a todas as perguntas...

Debatamos sobre proposições... O trabalho de Freud foi científico? Amostragem, método, registro, duplo cego, efeito placebo, erro? O Complexo de Édipo por exemplo, tem algum fundamento? Somos, todos os homens, loucos de vontade de transar com as nossas mães, e tememos nossos porque querem nos castrar? Isso tem - minimamente - fundamento? Ou seguirão dizendo que sofremos todos do problema da 'negação'... Só isso não responde a nada, como a fé...

O 'freudianismo', não fez tanto mal como outras religiões, somente por falta de tempo e amplitude, mas seguiu o mesmo padrão... E com falsas promessas de cura, e com falsos relatos de cura... Um caso de polícia, charlatanismo à toda prova... Os principais redutos desta crença são a França e a Argentina... E no Brasil, a seita tem muitos psicoterapeutas 'formados', além de muitos seguidores... Freud, que clinicava até dormindo, inspirou também a prática de clinicar pelo telefone, e hoje em dia pela Internet, como fazem os gurus, e videntes...

O ateísmo freudiano se limita a outras divindades... Porque ele é o único senhor... E a Santíssima Trindade, com Lacan e Jung, termina o espetáculo... Até quando viveremos este circo?  De horrores...

Freud, um caso de charlatanismo, narcisismo, oportunismo, marketing, e demência coletiva...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário