Pesquisar este blog

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Mandato de Prisão...




O 'deputado' Paulo Pereira da Silva, o tal Paulinho da Força, sindicalista profissional, presidente da sombria Força Sindical, enquanto - simultaneamente - cumpre mandato como Deputado Federal por São Paulo, lá em Brasília, declarou: 

'Não dá para aceitar que a imprensa fique derrubando ministro de 15 em 15 dias.'... 

Uma frase histórica e cretina... Cumplicidade criminal, e assumida publicamente, com uma corja que infesta a política e a VIDA brasileira... Típica da retórica PTista, um cinismo bolchevique, um hipocrisia sem limites, com contornos de fanatismo religioso... Quase um ato de fé, 'onde as respostas vem antes das perguntas'... Um ato de fé, ou corporativismo, que não explica nada, mas afasta a indagações... Tais ministros estão caindo por serem ladrões, bandidos da luz vermelha, porque cometeram crimes contra o erário, contra a nação...

A imprensa simplesmente não se coaduna com este governo incompetente e corrupto, como o tal Paulinho... "E mais, um rato decapitado a cada 15 dias é pouco. Se o Judiciário fosse independente, se o Legislativo não tivesse sido comprado e o Executivo perdesse a chave do cofre, todo o governo seria derrubado em um só dia. E as quadrilhas (inclusive a sua), eufemisticamente chamadas de partidos políticos, seriam imediatamente extintas para o bem do Brasil e em respeito ao cidadão - Humberto de Luna Freire Filho para O Estado de São Paulo"...

PT, PMDB, PCdoB, PDT, PP e PR desdobram-se para dar explicações convincentes para a população, sobre as quadrilhas que militam em seus partidos, e cometem crimes de improbidade administrativa na liderança dos 'ministérios leiloados e loteados' por Dilma 'Lula' Rousseff... 


Para constar e recordar:
- Alfredo Nascimento (PR) do Ministério dos Transportes, comandou um esquema de superfaturamentos e aditivos em obras para abastecer os caixas do partido:
- Carlos Lupi, aquele da banca de jornais do Brizola (PDT), apeado do Ministério do Trabalho, apesar de declarações de amor a Dilma... Aquele ladrão mentiroso, reassumiu a presidência do PDT;
- Wagner Rossi (PMDB), corrupção na pasta da Agricultura, irregularidades na CONAB, lobby, propina em licitação, além do uso de um jatinho de uma empresa do ramo agropecuário;
- Pedro Novais (PMDB), irregularidades no uso de verbas oficiais quando exercia o mandato de deputado, do qual está licenciado;
- Orlando Silva (PC do B), esquema de desvio de dinheiro público de um programa do federal destinado a promover o esporte em comunidades carentes (Segundo Tempo);


Se você vai na página da Força Sindical, você lê 'Presidente: Paulo Pereira da Silva, o Paulinho'... Mas se você vai na página da Câmara dos Deputados - Brasília -, você lê 'Deputado Federal, pelo PDT/SP: Paulo Pereira da Silva, o Paulinho, profissão SINDICALISTA... E aqui me cabem algumas perguntas: Sindicalista é profissão? Não existem conflitos de interesse, político, e ético, nas duas funções? Em qual das duos o Paulinho está faltando, em Brasília ou em São Paulo? Por considerar os antros sindicais no Brasil, da mais baixa qualidade, espero que Paulinho privilegie o seu 'mandato', e o seu 'emprego', em Brasília... Mas por considerar Paulinho mais um corrupto 'profissional' da política brasileira, prefiro que ele faça demagogia com o megafone em São Paulo...

Isso tudo é uma palhaçada...


E seguimos, porque o juiz João Batista Machado, da 1ª Vara Federal de Ourinhos (SP), condenou o deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (PDT-SP), e outras nove pessoas a pagar multa civil, a ser revertida para a União, de cerca de R$ 1 milhão por suposta improbidade administrativa na aplicação de R$ 3 milhões em recursos públicos... Vejam com quem estamos lidando!!!

Os R$ 3 milhões foram obtidos junto ao Banco da Terra, do Ministério do Desenvolvimento Agrário, com a finalidade comprar a Fazenda Ceres, em Piraju (SP), e assentar no local 72 famílias, projeto considerado inviável técnica e economicamente pelo Ministério Público... A Força Sindical, central da qual o deputado é presidente, tinha assento no conselho do Banco da Terra, em 2001, quando o negócio foi concluído... Não existem conflitos de interesse? Já que na cabeça no 'nobre deputado' não existe conflito moral...

E estranhamente, depois de tudo isso e da condenação, o TSE negou o recurso que pedia cassação de mandato do 'Paulinho'... Na sentença, o juiz João Batista Machado negou pedido do MPF para que o deputado fosse condenado à perda da função pública e tivesse os direitos políticos suspensos... Segundo o juiz, o deputado atuou no caso como presidente da Força Sindical e não como parlamentar... É mole ou quer mais? Isso é ultrajante... Vergonhoso, ofensivo... Estão nos dizendo na cara, 'vocês são todos otários, nós somos espertalhões, e fazemos como quisermos, e ninguém tem poder para nos impedir, pois nós temos o poder e a chave do cofre'... E se dizem 'ESQUERDA'...

O sindicalista Paulinho da Força mostrou que realmente dá a maior força... Dá a maior força para seus parentes, seus amigos e o pessoal do sindicato... Depois de fundar a ONG 'Meu Guri' (dedicada a repassar verba para seu filho), Paulinho pretende agora fundar a ONG 'Ahhhhhhh, Moleeeeque'... O sindicalismo brasileiro se caracteriza pelo peleguismo corporativista, pela corrupção endêmica e pelo desvio contumaz de verbas... E apresenta problemas sistemáticos de fonoaudiologia... A língua presa, é idioma oficial do sindicanalhismo... Além de brigar contra o empresariado brasileiro, nossos sindicalistas também vivem brigando com a Língua Portuguesa... "É mais fácil um líder sindical concordar com o patrão do que chegar a uma concordância nominal... Já a concordância verbal é outra história: aí depende da verba"... Mas o moderno sindicalismo brasileiro é um exemplo de avanço... Está avançando no salário do trabalhador, "que agora, além do Imposto Sindical 'voluntário obrigatório', também vai ter que pagar o CSS, 'Contribuição Só de Sacanagem'"...





Paulinho, este bandido corrupto, e líder supremo da Força Sindical - mais sombria deste pais -, e que por descaso dos homens de bem, ainda tem um mandato como deputado em Brasília, deveria ter - em um contexto justo - um mandato de prisão federal... Um mando de prisão expedido contra este facínora e cara de pau de carteirinha, seria o mínimo que poderíamos dar a Paulinho, pelos serviços prestados à si mesmo...

Tenho dito...

Carlos Sherman


Um comentário:

  1. JÁ FUI SINDICALISTA E SEI DO LAMAÇAL QUE CORRE A CÉU ABERTO! DEPOIS DISSO... NINGUÉM ME DEU EMPREGO! SOMOS TIDOS COMO BANDIDOS E ISSO NÃO É MENTIRA: CADA QUAL "LEVANDO" O SEU! SE NÃO TIVESSE PROFISSÃO...ESTARIA LAVANDO AS ENTRADAS DO CONGRESSO E OLHE LÁ...

    ResponderExcluir