Pesquisar este blog

domingo, 22 de janeiro de 2012

Non esse quod non probet [Não se pode provar a não existência do que não existe]





Non esse quod non probet 
[Não se pode provar a 'não existência' do que não existe]


Respondendo a 'Anderson', um crente delirante:


Sua ignorância é assombrosa... Não se pode - é óbvio -, 'provar a inexistência' - de deus... A questão aqui é a seguinte, você tem tempo de pensar em besteiras, ou seja, mesmo que não havendo nenhuma evidência sobre a existência de deus, ainda assim você tem tempo livre para perder acreditando em um amiguinho imaginário e com medo do bicho papão? 

Então aproveite o seu tempo livre e acredite no Unicórnio Cor de Rosa, no Monstro de Lochness, em gnomos, fadas, etc, Ísis, Osíris, Hórus, Mitra, Zoroastro, Krishna, Akhenaton, Odin, Thor... Não conseguiremos provar a não existência do que não existe... Satisfeito? Logo você poderá seguir rezando, com a sua bunda voltada para Meca, para o Vaticano, ou para a Universal... O tempo é seu... 

No meu caso, e como tenho mais o que fazer, aliás tem muita gente em dificuldade por aí, e trato de fazer a minha parte, não perderei tempo com sua 'crença na crença'... Quando você terminar o ensino básico, conversamos... Se já terminou, como fez com as provas? Mentiu? As línguas não foram criadas na Torre de Babel, sinto informá-lo, nem o Universo e a Vida, não foram criados como no Gênesis, e muito menos descendemos do TIJOLO - ou barro - como preferir.... Ou seja, como concluiu o ensino básico? Ciências? O ensino fundamental certamente será de grande valia para a sua vida... Esperamos seu retorno, diplomado... Dedique-se, você vai precisar de muito mais do que o se deus... Vai precisar de todos os deuses... Precisará estudar...

Não podemos ensinar a que 'acha' que tudo sabe... Pela bíblia... Triste destino... Mas a Igreja Universal é assunto do Código Penal... Não se trata de filosofia, nem conhecimento, trata-se de estelionato puro, crime hediondo... 


Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário