Pesquisar este blog

domingo, 15 de janeiro de 2012

O Seu José...



O Seu José

Temos um amigo, gente muito boa e humilde, cujo pai, 'o seu José' - nome fictício -, trabalha há 32 anos na Eletropaulo, sem saber ler nem escrever... E difícil imaginar em um mundo moderno, que alguém que possa trabalhar em uma grande empresa, na área eletrotécnica, e viver o dia a dia, sem alfabetização... Mas 'o seu José' conseguiu este feito, assim como outros... E tanto é que a Eletropaulo inciou um programa especial para alfabetizar o seu contingente de analfabetos... E mais do que isso, levá-los à conclusão do Ensino Fundamental...

'O seu José' está então, aos 53 anos, cursando a 4a séria, e aprendendo o que uma criança de 9 anos, em idade escolar, já sabe... Mas 'o seu José' está maravilhado e ao mesmo tempo assustado com as descobertas:

[SJ] - Mas seu Carlos, eles dizem que o homem veio do macaco... Não pareço com esse bicho feio... Um macaco 'véio'... Pareço com deus...

[CS] - Mas seu José, como deus se parece? Deus se parece com 'como os homens quiseram vê-lo'... Como um homem bem problemático... Um homem que pensa em recursos materiais, caprichoso, cruel, vingativo, punitivo e até assassino...

[SJ] - Mas deus não mata não... Deus perdoa, como diz a bíblia...

[CS] - Mas o senhor já leu a bíblia?

[SJ] - Não, mas isso é o que o pastor diz...

[CS] - É seu Zsé? Mas não é isso que está escrito... E o senhor poderá ler - de agora em diante - com os seus próprios olhos, e interpretar com a sua própria mente... E não se preocupe com tudo o que irá ler, nem com o Juízo Final, afinal, isso tudo é uma fábula....

[SJ] - Mas o que é fábula?

[CS] - Fábula é uma estorinha inventada...

[SJ] - Inventada? Mas deus não é inventado!!! Mas, então, quem inventou a Terra e o homem?

[CS] - E quem inventou deus?

Silêncio...

[CS] - Quem disse ao senhor que precisamos 'inventar' ou criar tudo? As vida não foi inventada assim, como 'num passe de mágica'... A vida evoluiu e continua evoluindo, e se desenvolveu naturalmente e por acaso... Quem disse ao senhor que existe um deus? Quem disse que precisamos de um deus para explicar tudo?

[SJ] - A bíblia...

[CS] - Sim, mas um monte outros livros disseram o contrário, e com riqueza de detalhes... Um vasto repertório de provas científicas provou que a vida evoluiu de forma natural e ao acaso...

[SJ] - Mas a bíblia é sagrada...

[CS] - Mas o senhor leu a bíblia? A bíblia disse isso sim, e um monte de outras coisa que não estavam corretas e não eram verdadeiras... Deus não foi descrito em nenhuma outra parte, apenas na bíblia... Mas quem disse que a bíblia está certa, quem disse que a bíblia é sagrada?

[SJ] - Ué, foi deus...

[CS] - Então vejamos, a bíblia diz que deus existe, certo? E a bíblia está certa porque deus disse? Temos alguma coisa estranha aqui, um argumento circular, como um cachorro que corre atrás do rabo, e não vai a parte alguma...

[SJ] - Tem sim... Nunca tinha pensado nisso...

[CS] - Mas seu Zé, se o senhor não gosta de descender do macaco, então acho que não vai gostar do que a bíblia diz... Está escrito, entre outras besteiras, que o homem veio do barro, então o senhor deveria parecer-se com um TIJOLO... Agora me diga, e pense bem, parecemos mais com um TIJOLO, ou com um macaco? 

[SJ] - Com o macaco... Mas o senhor não tem medo de falar essas coisas?

[CS] - Não seu Zé, porque teria? O senhor conhece de elétrica, então me diga: por que as igrejas tem para-raios, se deus as protege? O senhor acha que orando poderá tocar em um painel energizado? Se a elétrica desafia deus, acho que posso desafiá-lo também...

Silêncio...

[CS] - Mas seu Zé, o motivo do nosso papo, é que seu filho me disse que o senhor estava quase comprando um colchão de R$ 22.000, porque o vendedor - da sua igreja - disse que previne tudo, e é quase milagroso, derrames, câncer, etc... E o senhor acreditou nisso? O senhor deve se preocupar mais com estas promessas milagrosas, como o colchão de R$ 22.000, vida eterna, paraíso, deus... O seu filho, que gosta muito do senhor, me disse que o senhor brigou com ele, e então pediu para que eu explicasse ao senhor, que cientificamente é impossível que um colchão previna o câncer...


[SJ] - Se o senhor diz, e se cientificamente não é possível, então eu acredito...


[CS] - Rsrsrsrs, mas não acredite não... Nem na ciência... Se é ciência de verdade então pode ser entendida... Não precisa de crença na ciência, ok?


[SJ] - Tá bom, obrigado... Vou tentar entender...


[CS] - Seu Zé, de agora em diante, o senhor está livre... Poderá ler o que quiser, e existe muito para ler... Não existe como prevenir o câncer com um colchão, não existem milagres, e nem sequer existe um deus... Mas o senhor descobrirá isso por si mesmo... Hoje, aqui e agora, só peço que reconsidere tudo isso e abandone esta ideia absurda, gastando todas as suas economias para voar em uma colchão mágico, rsrsrs... 

[SJ] - Entendi seu Carlos... E agradeço... Posso comprar então o 'carnezinho da multiplicação' da Igreja Mundial....

[CS] - Ai seu Zé, isso é bem mais absurdo do que o colchão... Guarde o seu dinheiro, conquistado com trabalho honesto... Se deus existisse, o senhor acha que ele precisaria de grana?

[SJ] - Acho que não...

[CS] - Então siga em paz, e agradeça ao seu filho, ele realmente te ama...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário