Pesquisar este blog

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Uma Luz na Escuridão...




Mais um jovem veio até o 'ATEA' em busca de apoio, orientação, e sugestões; para debater com um pastor, que a mãe teria chamado para demovê-lo – exorcizá-lo - de seu propósito de tornar-se um ateu... O que para ela é o mesmo que uma doença infecto-contagiosa, ou sinônimo de adorador do diabo - no melhor estilo Datena...

Muitos enviaram seus conselhos, sugestões, e bravatas... 200 e tantos comentários em uma hora...

Agradeço ao ‘Douglas Agostinho Theodoro’, um dos participantes e comentaristas, pelo amplo apoio e pela inspiração para o título deste post... Ele escreveu, referindo-se ao meu comentário, as seguintes palavras:

‘Carlos Leger Sherman Palmer’, uma luz na escuridão. Muito obrigado.

Obrigado Douglas, não estou com essa bola toda - Sagan foi merecedor deste título -, mas vou aproveitar o mote... Para aqueles que consideram o relato longo, peço antecipadamente que apenas pulem para o próximo comentário... Isso porque sempre recebo este tipo de crítica, mas 'simplesmente' certas questões não podem ser enfrentados com bravatas ou explosões de testosterona... Então, aqui vai a minha ponderação, sobre o assunto ao qual o Douglas se referia:

'Discutir com quem renunciou à razão, é como medicar um cadáver' - Thomas Paine

Não se pode provar a inexistência... Principalmente do que não existe... É a inversão do ônus da prova, uma conhecida falácia retórica...

Tratando de convergir todas as opiniões aqui apresentadas, e eliminando os dois extremos, dos mais exacerbados, aos menos confiantes, diria a você que o caminho já foi bem traçado:

1) Por que você se considera ateu?
Ou seja, por que nega a existência de 'deuses' - todos eles? Na verdade a ética cobra o ceticismo, e a atitude cética de questionar o sobrenatural, em prol de assumir posições mais justas e úteis, pode formar um homem melhor... E não o contrário... Qualquer homem de bem que tenha a oportunidade de adquirir conhecimento, optará pelo ceticismo...
De forma que ser ateu não é um fim, e si uma consequência do ceticismo... Agnosticismo é apenas uma Falácia Nomotética, um novo nome para fugir à discussão sobre deus, mas é uma forma de ‘deísmo’... Um cético não pode ser agnóstico, em função da falácia da inversão do ônus da prova, e já expliquei isso em outros post, e contrariando a opinião de muita gente boa e admirável, como deGrasse e Thomas Huxley... Como discuto ideias e não pessoas, posso apresentar minha própria leitura epistemológica sobre o tema...

2) Por que quer debater esta questão?
Enfrentamento? Será um debate ou uma discussão? Em um debate honesto, perder significa ganhar... Ganhar em conhecimento... Mas em uma disputa dogmática sombria, perder significa perder mesmo, e vale tudo para ganhar, até perder-se... Pastores são treinados para isso... Para jogar com todas as suas armas, com toda a sua baixeza, para convencer pessoas a dar dinheiro para as suas 'congregações'... Eles vivem do estelionato... Você estará discutindo com um criminoso especializado - esconda a sua carteira, porque ele poderá tirar de você até o trízimo, vender um "carnezinho da multiplicação", um terreno no céu com vista panorâmica, ou um fornecimento ad infinitum de água benta... 
Pois então, por que deseja esta confrontação? Com que propósito? 

Considerando ainda primeira e a segunda questão, sugiro que você converta a sua clareza em ‘não crer em fábulas’, em uma atitude positiva e responsável com respeito à humanidade... Faça bom uso, seja ético e útil... Ajude a sua mãe, dentro do possível, e ajude o maior número possível de pessoas, a libertarem-se desta escravidão psicológica... Mas sempre haverão limites e severas dificuldades... Neste momento, você ainda está na posição de construir um novo caminho, de ceticismo e conhecimento... Não pense em ateísmo...

A questão das crenças coloca de um lado pessoas que tem a tendência inata a 'crer na crença', despreparadas, doutrinadas desde cedo, e assustadas; e de outro, profissionais do crime, e interesses meramente econômicos... Então precisamos ajudar as vítimas da falácia religiosa, e recomendar o Código Penal aos vendedores do púlpito...

3) Estude muito, e para isso, precisará de toda a ajuda para saber o que estudar...
Passe longe de besteiras homéricas como Zeitgeist, supostamente 'ateias', mas severamente 'crentes', que começam com proposições sérias, e descambam para o lixo conspiracionista mais imbecil possível... Evite os 'durões' e militantes do ateísmo... Ateu sim ateísmo não... 

Lembre-se, ser ateu é uma consequência de ser ético, logo cético e livre... E trata-se apenas de um passo, e nada mais... Um passo importante e necessário, mas faltará todo o resto do caminho... Não empunhe a bandeira do ateísmo... Será apenas outra bandeira, e por conseguinte, limitará a sua reflexão... E desviará a atenção de todos, sobre o que realmente importa...

Stálin, Fidel, Lenin, Guevara, Freud, declararam serem ateus, e foram péssimos para a Humanidade... Drummond, Quintana, Neruda, Chaplin, Sagan, Levi Strauss, Drauzio Varella, Einstein e David Gilmour, também se declaram ateus... Todos estes personagens, e os dois grupos, tem em comum o fato de terem assumido publicamente a sua descrença em deuses... Mas os dois grupos diferem em todos os demais conceitos de vida... Uns reinaram sobre a morte, enquanto os outros exultaram a vida... Uns se converteram em seus próprios ególatras, supersticiosos sobre o destino do 'mundo'... Outros abraçaram o ceticismo honesto... São ateus em comum, e seguramente por motivos bem diversos, mas diferem em todo o resto... O primeiro grupo substituiu o deus abraâmico (judaico-cristão-islâmico-espírita), por eles mesmos, como divindades ou ídolos monolíticos... Incluindo o ególatras de carteirinha, e supersticioso, Sigmund Freud... Depois de entender-se ateu, você precisará então de todo o resto...

Você deve entender também – e ser capaz de explicar -, que Ciência, efetivamente, é a atitude de ‘tornar-se ciente’, de ‘tomar ciência’, sobre como as coisas REALMENTE funcionam... Para isso é necessário conhecer profundamente o Método Científico – maior contribuição de Galileu – e a retórica lógica... Caso contrário, sempre estará no terreno pantanoso dos sofismas e contradições religiosas...

'A Teologia nasce da falta de fé' - Karl Popper

Estude tudo o que puder - nesta ordem - sobre Sagan (Um Mundo Assombrado por Demônios, Bilhões e Bilhões, Sombras de Antepassados Esquecidos, Os Dragões do Éden), Dawkins (Deus um Delírio, O Gene Egoísta, O Maior Espetáculo da Terra), Pinker (Tábula Rasa, Do que é feito o pensamento), Onfray (Tratado de Ateologia, O Crepúsculo de um Ídolo - A Fábula Freudiana), Dráuzio Varella (As Borboletas da Alma), Oliver Sacks (Um Antropólogo em Marte), Dennett (Quebrando o Encanto), Eric Kandel (Em Busca da Memória), Matt Riddley (O que nos faz Humanos), Ramachandran (O Fantasma no Cérebro), Michael Sandel (Justiça), , Marcelo Gleiser (Universo Imperfeito, A Dança do Universo), Nicolellis (Muito Além do Nosso Eu), Joseph Campbell (As Máscaras de Deus, O Poder do Mito), Levi Strauss (O Homem Nú), Jay Gould (O Polegar do Panda, A Montanha de Moluscos de Leonardo da Vinci, A Galinha e seus Dentes)... Passe pela Biologia Evolucionista, Genética, Etologia, Neurociência, Astrofísica, Astrobiologia, Mitologia... Não estude 'ateísmo', isso não existe... Estude o Universo, a Vida, o Homem...

Conheça profundamente a bíblia, para defender-se dos 'apologetas' com a própria bíblia - uma espécie de Aikido retórico... Afinal, não existe argumento maior para convencer que um homem ÉTICO, de bem, a se tornar descrente do que a própria bíblia...

‘A inspiração bíblica depende da ignorância de quem lê’ – Robert Ingersoll

4) Prepare-se para a retórica...
Conheça as regras de uma boa retórica, conheça as falácias retóricas... Estude sobre isso com Schopenhauer (Como Vencer um Debate), Bertrand Russell (Os Problemas da Filosofia), Wittgenstein (Tractatus Logico-Philosophicus), Nietzsche (Além do Bem e do Mal, Genealogia da Moral)... Mas entenda:

Não podemos ensinar a quem ‘crê que tudo sabe, pela bíblia... Não podemos acordar a quem prefere continuar dormindo e esperando pelo juízo final...

5) Encontre um propósito em sua vida, mas elevado do que a sua própria vida....
Não tome nota dos pontos supracitados apenas para vencer disputas, vangloriar-se, ou aparecer... Não dedique sua vida somente a negar deuses, bichos-papões e amiguinhos imaginários... Faça bom uso de sua vida... Aprenda para ser verdadeiramente livre, e assim ajudar a quem continua entorpecido pela falácia histórica da religião... Então, seja útil, ajude, contribua, deixe o seu legado particular ou público...

 Seja um grande homem, parafraseando Nietzsche, HUMANO, DEMASIADO HUMANO...

Evite o confronto com este 'pastor', e diga apenas a sua mãe, que você objetiva tornar-se um homem melhor... Cansou de ficar de joelhos, negociando a sua própria salvação... Que não vê na mensagem bíblica nada além de idolatria e ameaças de morte, perpetradas por deus ou a mando dele... Que não entende a 'outra face' de Cristo, se ele virá para comandar como 'senhor da guerra', a matança confessa de toda a humanidade... Um Humanicídio de bilhões... Então será neste momento que a sua outra face será revelada? Diga que por uma questão de coerência e humanidade não quer ser cúmplice de tal crime... Diga que não aceita viver sobre a égide bíblica do Código de Hamurabi amplificado, ‘olho por olho, dente por dente, braço por braço, quebradura por quebradura’... Diga que não pretende apedrejar o seu filho, se este vier a torna-se rebelde... Diga que não entende a onipotência, onisciência e onipresença de deus, se a ciência teima em confrontá-lo em seus desígnios, diminuindo a mortalidade infantil e aumentando a expectativa de vida, em tempos cada vez menos crentes... Tais melhorias na condição de vida da humanidade estão muito mais destacadas em países majoritariamente descrentes... Em países menos instruídos, e portanto menos solidários, a fome, a sede e a falta de condições higiênicas - apesar de majoritariamente religiosos - contribuem para cifras ainda alarmantes... Qual é o mapa de deus? Pergunte a ela...

Explique a ela, e somente a ela, com carinho e amor, que os sinais dos tempos e Satanás, são falácias para INCUTIR O MEDO E VENDER A SALVAÇÃO... E esteja preparado, e certo, de que ela não aceitará as suas explicações... Então apenas procure confortá-la... Por amor... E finalmente, e aqui termino, responda com a sua vida, e o seu exemplo... Seja um HUMANO EXTRAORDINÁRIO... Só assim e finalmente, o pesado fardo de ver entre cegos terá realmente valido à pena... Minha vida é um testemunho de tudo o que disse aqui... 

Os meus pais passarão mais uma vez para uma visitinha anual - em pleno Carnaval -, e até hoje a minha mãe ainda insiste, e acho até 'fofinho', que eu 'fique com deus'... Mas escuto 'fique bem meu filho'... Não existe mais tempo... Ela nunca entenderá o que entendi... Mas eles sabem que espécie de homem eu me tornei, e pelo meu exemplo de vida... E eu também sei disso... E orgulhoso do pouco que aprendi, e do muito que me distanciei para tal, quero retribuir deixando o meu legado... Nem que sirva apenas à minha família, e a um seleto punhado de amigos, terá valido à pena tentar... Pode servir a você...

Caminho contra o vento, resoluto, e completo... Deixo que o vento acaricie o meu rosto... E celebro a maravilhosa oportunidade de ter vivido, de ter vivido este tempo, e de ter me tornado quem me tornei... Alinhe pensamentos, palavras e ações... Não existe um caminho mais sólido... E sirva, ajude, seja ético, logo cético...

FIAT LUX

Carlos Sherman

2 comentários:

  1. Um homem de bem não tem medo de se mostrar e colocar sua verdade em prática! Nós nos tornamos quem somos por opção e por poder conseguir enxergar a beleza de sermos livres, sem culpa! Podemos existir sem medos e isto é o que vale! Feliz do homem que pode decidir pela verdade!

    ResponderExcluir
  2. Inefável...

    "Feliz do homem que pode decidir pela verdade!" - Eliana Martins (minha amiga)

    ResponderExcluir