Pesquisar este blog

terça-feira, 13 de março de 2012

Certain or Uncertain? That is the question...




Certain or Uncertain? That is the question... Certo ou Incerto? Eis a questão... Não esclarecerei o título, trata-se de um enigma, um trocadilho... Mas vejam onde a mente humana pode chegar no  diálogo abaixo...

Um velho amigo, que não vejo há décadas, e está vivendo nos Estados Unidos, se considera um enviado de deus e está 'certo' disso - ou certain, em inglês... Mas eu não estou bem certo disso -  uncertain, em inglês... Para preservar sua identidade, vou chamá-lo de UNCERTAIN - incerto... Ele começa dizendo que, ele escreve através de mim, espiritualmente... Apesar de ser mega esotérico, enquanto sou 100% cético, e escrevo de forma bastante coerente com o meu ceticismo... Mas a partir deste ponto começa o devaneio... Eu já estava meio estupefato, admito, rsrsrs... Está transcrito sem correções:

[13:20:12]  UNCERTAIN: to falando espiritualmente, sei la'... foi assim que vi no ultimo sabado... estava olhando para o espelho que vi todos, muitas outras figuras tb e vi seu pai de olhos aberto, voce com olhos vendados, sei la', nao sei nem como te explicar direito, mas nao estou tirando seu merito em nada, pois sei que 'e um estudioso, um cara legal e tudo o mais, tudo de bom... Poxa, nao sou eu quem viu isto e sim meu espirito

[13:22:23] Carlos Leger Sherman Palmer: sei sim, sei como isso funciona... por dentro e por fora... sei como tais crenças nasceram e se propagaram... sei porque estão aí... sei porque o homem busca a proteção do grupo, do bando, e sei por que segue ídolos, e líderes... e sei também que da mesma forma que entendemos que as doenças não eram possessões demoníacas, como tais crenças afirmavam, também saberemos que todo o resto das alegorias religiosas não procede, além de interesses pessoais, de grupos, e de grana....

[13:23:39]  UNCERTAIN: nao acredito em nada tambem e nao me interesso em grana... Se me interessasse estaria ai', pois minha familia tem e muito... Nao vim parar a toa, por aqui.... Por tudo que fez, fiz tambem e nao acredito em nada, mas tem uma coisa que fiz, que acoteceu por acaso e que funciona e talvez, se me escutar, possa fazer e melhorar ainda mais a sua vida.

[13:27:27] Carlos Leger Sherman Palmer: Sim? E o que seria?

[13:34:28]  UNCERTAIN: ha' uns 3 anos, sentia uma dor debaixo da costela esquerda, uma dor chatinha e como sou ilegal aqui, nao procurava o medico por medo, por varias razoes e fui deixando e tomando analge'gicos e etc... mas nao passava... melhorava um dia e dias depois voltava... bom, um dia a noite, senti um barulho estranho no meu corpo, como se houvesse estourado esta dor, um gas e aliviou... No dia seguinte, fui num outlet, longe de casa e meu carro teve um problema exatamente onde se configurava minha dor e troquei uma mangueira e a dor sumiu... Dai' em diante comecei a arrumar tudo no carro, em casa e etc... e cheguei a conclusao, que 'e uma associacao, uma coisa ta' ligada a outra... at'e para emagrecer, deixe seu carro com o minimo de combustivel e vera' que nao sente fome, apos alguns dias... faca, voce a experiencia... nao tenho como comprovar nada, alem de mim, 'e claro, mas falei aos meus pai e irmas e estao bem sadios... bom, mas tem uma coisa tambem, por exemplo.... nao precisa entrar na minha, pois posso ta' errado tambem, mas ate' agora tudo funcionou... bom a conclusao que chego, 'e que estamos, todos vivendo uma vida horrivel, por culpa nossa, de todos, pois se limpassemos os mares, as ruas e etc... teriamos mais qualidade de vida... uma coisa esta' ligada a outra... somos associados aos animais, portanto, aquele lixao que ta' no pacifico, onde peixes nascem acorrentados em argolas e etc... sao o espelho de uma crianca que nasce com um problema parecido.. bom 'e assim que penso.. cada vez que se prende ha um passaro, uma pessoa tambem 'e presa.. se assim, me entende, sei la'... cada vez que limpo o jardim com milhares de quimbas de cigarros jogados pelo vizinho de cima no "nosso jardim".. sento que alivia meu pulmao dias depois... Pense nisso... estamos todos ligados e nao estamos atinando para isto

[13:47:20]  UNCERTAIN: cade voce???

[13:54:20]  UNCERTAIN: ja' que foi budista, provavelmente seu chakras estao abertos, entao lave o motor de seu carro e dias depois sentira uma energia quente no seu corpo, parecida com aquela que sente quando fica de frente para o sol..... no jogue muito quimico, so' sabao e agua, pois isso , tambem prejudica... Porque sera' que crianca e velho gosta tanto de balinhas, pois dias depois ira' tomar um remedinho....pense nisso.... cara, tenho passado por muitas provas espirituais, que hoje posso te dizer que estou bem amadurecido e nao tenho medo de mais nada, nem de ser ilegal, nem de morrer, de mortos, nem de nada... estou aberto a tudo, assim como voce e sei que ha' muitos querendo se dar bem... Nao 'e meu caso... gosto do bom, mas com simplicidade, alias, gosto da vida simples com bons amigos e uma cervejinha, ja' ta bom.... faca uma coisa simples, troque o oleo do seu carro.. vera' que tera' uma dor  de barriga....

[14:12:29] Carlos Leger Sherman Palmer: meu carro 'sempre' está no mínimo de combustível, e continuo com muita fome... Rsrrsrsrsrs.... e engordando.. rsrsrsr... não vivemos uma vida horrível... isso também não procede... mas vou comentar tudo de uma só vez... Sobre o a dor na costela, o gás, o alívio, e o problema do carro 'exatamente onde se configurava' a sua dor, preciso entender qual o eu critério para 'acreditar' que a localização da mangueira do seu carro era a mesma da sua dor? Que analogia é essa? E mais, como se estabelece a relação de propriedade do seu carro com o seu corpo? O carro tem que estar no seu nome? Se tiver dois carros como fica, e uma moto? Se compartilhar o seu carro com sua mulher como fica? E como ficam todos aqueles que sentiram dores antes da invenção dos dos carros? Qual a relação entre um ser vivo, biológico, bioquímico, com objetos inanimados, inorgânicos? Esta relação é só com carro, ou vale para otros objetos? Como se dá o vínculo?

[14:20:17]  UNCERTAIN: vou me calar... estava tentando te mostra uma outra alternativa que comigo e  com os que falei, deu certo... mas, talvez tenha me entendido mal e nao sou eu quem vai mudar isso... iria te contar outras coisas, mas deixe para la'...

[14:20:53] Carlos Leger Sherman Palmer: só quero entender o processo.... através de evidências, e por causas naturais... Se uma dor de gases tem que estar relacionada com a mangueira do carro onde vamos parar? isso que vc sentiu foram gases... natural, e muito bem explicado.... e o que aconteceu com o carro também... por outros  motivos e outras leis... tenha um pouco de paciência com a minha 'ignorância', afinal, estou tratando de relacionar o que você diz com a minha própria experiência, e de quebra com toda a ciência... tudo isso está na sua cabeça... as próprias correlações que faz....

[14:27:05]  UNCERTAIN: claro que nao... ja' me senti assim mesmo como voce ta' dizendo e ia testando e testando e tudo ia funcionando, mas nao tenho respostas para tudo... Nao sou Deus....

[14:33:52] Carlos Leger Sherman Palmer: mas eu tenho... para estas questões tão básicas não precisa ser deus... brother isso é uma questão de total desconhecimento sobre termodinâmica, biologia, química, etc... caso contrário vc não especularia sobre tais questões... cara, pense na possibilidade de você estar correlacionando coisas absurdas e sem a menos conexão... isso não só é provável, isso é um fato... só me preocupo, e muito, com a origem destas relações que você faz, e o impacto sobre sua vida... isso é claramente, fugir à realidade... a realidade simples, e que norteia os acontecimentos... digo isso como amigo... e pelo carinho que tenho por você... Sobre a associação entre carro, casa, e o seu corpo, existe de fato uma correlação plausível... você está cuidando mal de si mesmo, deixando chegar no limite... assim como fará com tudo na sua vida... mas não uma correlação direta entre o escapamento e o seu anus, ou entre o carburador e seu coração... não é assim... mas sim, existe uma relação, porque a ATITUDE é a mesma... você leva tudo ao limite, como a questão da gasolina... então fará o mesmo com as contas, com a casa, e com o seu relacionamento, sei lá.... mas isso é lógico, reside no plano do bom senso... 

[14:39:42]  UNCERTAIN: cara, pensei que fosse burrice minha, mas deu certo... faca voce a experiencia... nao estou questionando nada... estou de contando somente que deu certo comigo... como gosto de voce, te acho incrivel, achei que poderia experimentar... sei que vai contra tudo que existe na fisica e ciencia etc.. com relacao a gasolina, quanto mais voce roda o carro, mas ele gasta e, 'e claro que vai dar fome... rsrsrs

[14:43:47] Carlos Leger Sherman Palmer: rsrsrsrs, brother, desculpe mas você não pode saber do que está falando... não conhece sobre correlações, nem sobre carros, nem sobre o corpo, porque se soubesse, procuraria qualquer outra explicação menos essa... e sobre as suas viagens astrais? tem viajado? isso denota um padrão de acreditar em coisas que não existem senão na sua cabeça... Como espíritos... Tudo faz parte de um padrão de crer na crença, de aceitar o sobrenatural tacitamente, sem empenhar um mínimo de bom senso... a resposta fácil, simplista e que te exime da responsabilidade... rsrsrsrs, não dá fome rodar com o tanque vazio.... nem cheio.... rodar com o tanque vazio denota uma coisa em sua vida: STRESS... está correndo e não tem tempo para comer, e nem para abastecer... ou não tem grana... as duas questões remetem ao stress, e o STRESS dá fome... engordamos por conta do STRESS... se estamos oprimidos por todo lado, podemos descontar em um prato sobre o qual temos amplo poder... a correlação é essa.... suas atitudes com o carro e a casa refletem sua atitude com o seu corpo, ou o seu estado de ânimo... mas não o contrário, e não é uma relação biunívoca, dói aqui, quebra ali... isso é SUPERSTIÇÃO... a nossa atitude diante da vida e de tudo, reflete no nosso estado anímico... só isso... bem natural e simples... e prático...

[14:49:57]  UNCERTAIN: 'e isso ai, mas valeu o papo...

[15:07:07] Carlos Leger Sherman Palmer: já pensou se isso fosse verdade, minimamente? toda vez que alguém soltar um pum, um carro quebra... isso é insano... já imaginou o impacto sobre o trânsito? desculpe a franqueza, valeu, um forte abraço... obrigado pela força de qualquer forma...


Nenhum comentário:

Postar um comentário