Pesquisar este blog

quarta-feira, 7 de março de 2012

Mais sobre Neurociência e a Fábula Freudiana



Tudo começa no embaralhamento genético, e as instruções sobre nossa fisiologia serão executadas durante a importante fase da gestação, e do parto emergirá a nossa natureza... Os impactos ou imprintings das primeiras horas, dias, semanas, e meses será crucial em estimular nossa natureza, ou atentar contra ela, enquanto tateamos para aprender o mundo... Mas a nossa natureza consciente emerge no parto... 

Depois virão outras ondas de impacto como os primeiros anos, o círculo familiar, a cultura, e a adolescência... Continuamente, o aprendizado de viver, cultural e socialmente, será uma luta de estimulo de nossa volição ou contrariedade de nossa natureza... Mas não poderemos criar no comportamento nada que não venha de nossa base natural (genética+embriogênese+gestação)... E a nossa própria capacidade de aprendizado, e as características de nosso entendimento do mundo, também estarão marcadas pela nossa genética... 

Em um modelo piramidal, simples, a genética é a base, o comportamento o topo (achatado)... Não podemos recriar um outro ser, mas podemos estimular ou bloquear a nossa natureza... Mas nunca inventar um outro ser... Sob este ponto de vista, mudanças, e supostas curas, devem ser analisadas com mais critério... Somos quem somos sem intencionar sê-lo... Mais produtivo do que projetar cura na psicoterapia - não confundir com a falácia da psicanálise -, seria propor o entendimento de quem somos, para sermos de propósito, hahahaha... Aceitando as diferenças... 

Evidentemente existem alçadas, e estados psicoterápicos, e casos e casos, não estou aqui falando de esquizofrenia, psicoses, autismo, que mesmo assim devem ser encarados sob outra luz... A luz neurocientífica, genética, embriogênica, fisiológica e psiquiátrica... Um nova ciência da mente está em curso, novos diagnósticos, novo entendimento, e novas terapias também emergirão... Tudo está literalmente Sub judice, mas Feud já foi exumado e teve o seu diploma cassado, hahaha... Só falta dar a devida notoriedade ao caso... Perdão por dizê-lo... E como tenho dito, esta verdade acachapante conflita com muitos interesses... 

Aos psicanalistas e pacientes, vos digo, todos foram enganados, Freud é uma fraude!!! E este tema terá que ser enfrentado, afinal o delírio psicanalítico e um problema de saúde pública... Não me refiro à saudável pratica de tirar um tempo em sua vida corrida, entrar em um consultório, deitar em um divã, ou sentar-se confortavelmente em uma cadeira, em um ambiente aconchegante e agradável, enquanto discute sua vida com alguém que não está diretamente relacionada com ela, tem toda a paciência para escutá-lo, e com que você por alguma razão estabelece uma relação de profundo respeito... Este espaço de tempo pra você, pra falar de você, com uma pessoa de fora, pode ser interessante, e caro, hahaha... E santo de casa não faz milagre, e afinal esta pessoa tem um diploma pregado na parede, 'deve saber o que faz'... Bem, uns sabem, mas são bem menos numerosos do que se supõe, e refiro-me ao Brasil, e aos cursos que desovam toda sorte de profissionais, psicólogos, em nossas vidas... 

Mas o 'momentum' da análise, é sem dúvida bem interessante... Mas 'psicanálise' é uma marca registrada, e aponta diretamente para Freud, suas técnicas, diagnósticos e terapias... E neste sentido a tranquilidade do divã é interrompida por um devaneio ensandecido, e não estou exagerando... Desprovido, do início ao fim, de qualquer tratamento científico, uma crendice exótica, uma aberração descritiva, uma visão hidráulica e oitocentista da mente... O mais grave, é que as entidades de classe, e as instituições médica são muito sutis na crítica a este absurdo... Estamos simplesmente 'deixando de falar em Freud'... Como uma assunto delicado que ninguém quer enfrentar... 

Mas se temos, em 2012, a 'Homeopatia' coberta por planos médicos, que são geridos por médicos, o que diremos da Psicanálise? Só falta realmente considerar astrologia, a quiromancia e o espiritismo como práticas médicas, e apelar para a oração em nossas UTIs... Sei que consideram a comparação do freudianismo com uma seita, ou pura superstição, exagerada, mas não é... A diferença reside apenas nos termos pseudo-científicos utilizados, e na pseudo-medicina praticada... Uma aura mística e muito marketing... Freud foi um gênio literário e do marketing, um clássico, similar ao Senhor do Anéis e Harry Potter, pela fantasia e pela viagem na maionese... Mas foi bem mais nefasto, acabando de fato com muitas vidas... Triste destino...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário