Pesquisar este blog

domingo, 11 de março de 2012

Uganda, Ponto Estratégico [ironicamente falando]...



ConsPIRAÇÕES Anti-Americanas, Kony o enviado de deus para assassinar crianças, a Resistência Armada do Senhor, a ONG Crianças Invisíveis, Michael e a Invasão de Uganda...

Publicaram um post, denunciando o Invisible Children, a ONG que tenta salvar crianças mortas ou obrigadas e se recrutar em um exército chefiado por um louco e assassino... O louco é Joseph Kony, o tal grupo é a Resistência Armada do Senhor... Kony quer implantar uma teocracia em Uganda, e se diz enviado do senhor... E aterroriza a população local...

O post dizia, pasmem:

Há uma campanha viral sendo disseminada pela internet, e eu fiquei interessado, empolgado e iludido. Depois de algumas horas de pesquisas descobri muitas informações que desmerecem o crédito da campanha e da ongi que está por traz dessa. Talvez vocês já tenham ouvido fala, segue a seguir o video da campanha e um dos sites, que achei mais relevante, dos que estão questionando isso

http://www.youtube.com/watch?v=LE_DgntYbpw&feature=share
http://www.blackstarnews.com/news/122/ARTICLE/6586/2010-06-02.html

O primeiro link é o chamado do Invisible Children, e o segundo é a crítica, que o autor do posto considera 'mais relevante'... Sem explicar porque... A crítica está intitulada: "How Invisible Children Falsely Marketed The LRA Disarmament and Northern Uganda Recovery Act"... Traduzindo "Como a ONG Crianças Invisíveis falsamente vende o desarmamento do Norte de Uganda"...

Fiquei indignado, e comentei:

Fiquei pasmo com 'há uma campanha VIRAL'... O Invisible Children é viral? Mas o senhor Michael e sua tese de invasão americana em Uganda, tendo como pretexto a luta contra um pequeno grupo armado na selva de Uganda que aterroriza a vida local, isso sim é NORMAL? Isso é RACIONAL?

O título é o começo do delírio: "How Invisible Children Falsely Marketed The LRA Disarmament and Northern Uganda Recovery Act"... Traduzindo "Como a ONG Crianças Invisíveis falsamente vende o desarmamento do Norte de Uganda"... Ou seja, a tese central é a de que estão 'fingindo preocupar-se com crianças mortas e obrigadas a recrutar-se no exército de um louco - Joseph Kony - o LRA (Lord's Resistance Army, ou seja 'Resistência Armada do Senhor"); e isso para que os Estados Unidos possam invadir UGANDA... Uganda, de importância estratégica para os Estados Unidos, detonados por uma crise interna, e retirando suas tropas de toda parte, com um rombo sem precedentes no orçamento militar... Mas Uganda é essencial, claro... É brincadeira... Mas os Estados Unidos atacaram o World Trade Center, o homem não foi à Lua, e Elvis não morreu, então tudo é possível... Ou não?

UGANDA, ponto estratégico para os Estados Unidos... Piada de mal gosto...


Que palhaçada...

Prezado, sim, conheço o assunto e conhecia os dois links... Considero um absurdo que o velho chavão 'anti-americano', e dos 'lobbys dos grandes grupos', e o velho esquema conspiracionista agora esteja sendo encenado aqui, quando a vida de crianças está em jogo... A questão é 'Kony é um louco que mata e recruta crianças'? SIM... A Organização não tem nada a ver com o Governo Americano, que absurdo... Tem marketing, tem estrelismo? Sim... E daí? Se Idi Amin e outros recrutaram crianças, pior.... Mas se puder fazer alguma coisa e o quanto antes, melhor... 

É incrível a defesa da estúpida bandeira anti-americana e da maquiavélica invasão de Uganda... Você tem ideia do que é Uganda? Alguém anda usando drogas pesadas... Conheço os Estados Unidos profundamente, conheço a história, e não estou de lado nenhum, parafraseando 'Michael Kirkpatrick', o cara escreveu esta sandice -  denunciando supostos esquemas de 'isenção fiscal' e comparando com a morte de crianças e com um genocídio que está em curso - ESTOU INTERESSADO NA VERDADE... 

Amigo, não se diga 'iludido' sem base para tanto... E este artigo não é prova de 'ilusão', com todo respeito é uma tremenda 'alucinação'... Se não pode ser porta-voz da verdade não seja porta-voz de nada... Não seja somente mais um cara do contra, ou mais um anti-americano, e crente em conspirações voadoras... Por que você diz que acha 'mais relevante' os que 'estão questionando isso'? Com base neste artigo? Por que um cara que está pensando em um esquema para evitar impostos, e isso para os Estados Unidos invadirem um país como Uganda, merece sua inteira credibilidade e simpatia? Parece a causa certa, a causa justa? Você está sendo tendencioso, e digo isso com a melhor das intenções, assim como estou seguro de que você publicou sua visão com a melhor das intenções... 

Pois sugiro que leia todos os comentários na lateral esquerda, sugiro que obtenha mais informações... Não faça isso, não conclua coisas sem evidências, instrução e lógica... Faça o duplo cego, seja cético em todos os momentos se quiser ser justo e ético... Não interessa se se o autor desta imbecilidade - se me permite - concorda ou não com um projeto de lei americana, Invisible Children é uma atividade assistencial totalmente legal, e buscam apoio no governo, como o Bono e outro fizeram, para ajudar a quem precisa... E a organização será considerada, por lei, como uma organizações sem fins lucrativos enquanto os seus gastos não superarem a um valor também previsto por lei... E daí? Invisible Children tem vários programas em Uganda (Legacy Scholarship Fund, Escolas para Escolas, Saving Village & Loan Association, Intercâmbio de Professores, Iniciativa do Algodão, MEND, etc)... Isso é uma loucura... 

Fico abestalhado em perceber até  onde o cinismo e a alienação da bandeira conspiracionsita e anti-americana pode chegar... Chega a ser ridículo pensar que esta é uma manobra dos Estados Unidos para militarizar Uganda... Uma piada... Um piada de humor negro, sujo e mentiroso... Investigue este tema mais a fundo, antes de julgar... Não falo aqui de convicções, nem de bandeiras, falo da VERDADE... 


P.S.:


Eubio, repito, o Invisible Children tem vários programas em Uganda, relacionados com educação e saúde... Kony é um cretino LOCAL... E os caras estão apelando para uma intervenção armada, o que obviamente não acontecerá... A ONU deve responder por crimes contra a humanidade e por crimes contra as crianças... Só não entendo porque o crédito ao post de Michael? Por que? Parece razoável? Realmente considero um delírio similar a outra teorias conspiracionistas... É assim que vejo, e por todos os argumentos expostos... 


Você acha que os Estados Unidos, com um rombo no orçamento militar, com retirada de tropas do Iraque e Afeganistão, com um tremendo apelo popular interno contra as intervenções americanas, quer invadir UGANDA? E para isso usa como pretexto um criminoso local e uma ONG que defende crianças? No melhor estilo Zeitgeist... Isso me preocupa de sobremaneira... Já temos tantos problemas reais, e ainda precisamos lidar com as fantasias... 


Veremos se os Estados Undos invadirão UGANDA... 


Enquanto isso um enviado de deus trata de lutar uma mais uma teocracia no globo, matando, abusando e doutrinando crianças para a morte, e não devemos lutar? Kony não existe? Nem crianças mortas e que sofreram abusos? O mais importante é que 'desarmar o norte de Uganda, facilitará a invasão americana'? Este é o ponto? Isso é o que há de mais importante? 8 Milhões não é nada para uma missão humanitária na África... Bono levantou mais de 100 milhões e não deu para nada... Deslocamento, logística, alimentação, suprimentos médicos, etc... 


Isso é realmente demais pra mim... De minha perspectiva, honestamente, isso é revoltante... Não consigo tratar de temas assim de forma superficial, tenho um compromisso com a responsabilidade do que digo, minha integridade intelectual e a VERDADE...


Respeito a sua liberdade de pensar, mais refuto a sua 'pensabilidade'... Somente neste caso, e com cordialidade... Sei que luta pelo melhor assim como eu... E podemos discordar sem maiores problemas... Desculpe pela minha indignação, hahaha, neste caso, não pude evitar... Um forte abraço....

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário