Pesquisar este blog

sexta-feira, 27 de abril de 2012

A Grande Decepção




[...] Uma pregadora cristológica e um rapaz que se diz 'doutor em arqueologia', mas desconhecem a Evolução das Espécies, que chamam de forma caricata de "A Teoria da Enganação", são fiéis devotos do moralista William Miller, e o seu grupo "Adventista do Sétimo Dia"...

Então vejamos:

Miller é o camarada que protagonizou alguns dos maiores fiascos proféticos - e sucessivamente -, ainda em vida; fazendo desde 1818 diversas predições sobre a "segunda vinda do salvador"... E já conhecemos os resultados de tais devaneios... Simplesmente uma comunidade ignorante começou a seguir este senhor, devido a um mero fenômeno astrofísico, uma chuva dos meteoros, que foi atribuída às suas divagações - sendo que Miller jamais pensou em meteoros... Então, pessoas ignorantes e assustadas, passaram a acreditar nas profecias de Miller... 

O que não é capaz de fazer um bom contador de estórias e uma boa estória? Fábulas que encaixam perfeitamente no imaginário simplista e nas expectativas de muitos, tratando de evitar as más notícias, e a própria realidade... 

Baseando-se nos capítulos 8 e 9 do Apocalipse, ele chegou à 'brilhante' conclusão de que exatamente em 1840, o Império Otomano, influente e poderoso na época, seria desintegrado... Não aconteceu, e Miller, falecido em 1849, não viveu para ver o fim do Império que durou de 1299 e 1922... Mas, como um truque de mágica depende do mágico, mas principalmente da colaboração da platéia, hipnotizada; uma  breve crise econômica e política, envolvendo o Império Otomano, como passa com qualquer país do mundo, e corriqueiramente, foi utilizada para justificar os devaneios proféticos de Miller... E assim, os fanáticos começaram a aumentar... 

O termo "adventismo" se refere ao "advento do retorno de Cristo", e estava agendado segundo Miller, em contato direto com deus, para muito breve... O que também ainda não aconteceu... Certamente estamos enfrentando um homem com distúrbios nos lobos temporais, talvez epilético; lembrando que existem epilepsias sem convulsões, e que provocam, em crentes, experiências místicas... Mas no caso de Miller era mais extremo... Descarto o uso de drogas, em função da época, e sendo assim existem grandes chances para a esquizofrenia ou estelionato cretino... E já estamos em 2012, e nada de Cristo aparecer em sua nuvem, conforme previsto pelo mago... 

Miller, que não era bobo nem nada, nunca marcou uma data exata  para o "advento", mas se expôs perigosamente com um "período"... Afinal, Cristo anda sempre muito ocupado... Sendo assim, seria melhor agendar um "período" e não uma data, para dar mais flexibilidade, evitando atrasos - provavelmente em função do "tráfego cósmico"... E Miller foi enfático, profetizando desta vez que Cristo regressaria entre a primavera de 1843 e a primavera de 1844.... Bem, já sabemos o que aconteceu... NADA... E daí? Os fanáticos com cara de tacho abandonaram o "profeta"? Não, jamais, e muito pelo contrário... Continuaram fiéis às sandices de Miller... 

Que falta a Neurociência Cognitiva fez no passado!!! Mas que falta a educação específica e a divulgação do nosso entendimento sobre o comportamento humano faz no presente!!! Triste destino... 

Miller, em seu delírio, reconsiderou seus cálculos, e predisse que "Cristo voltaria ao final de 2.300 anos desde Daniel [8:14]", e de maneira pessoal, visível, física, voando nas nuvens do céu... Só que isso também não aconteceu... E então ele e seus companheiros, trataram de analisar e encontrar onde estava o erro.... Na verdade 'eles eram o erro'... 

Mas, outro pirado do sanatório geral, o pastor Samuel Snow, sugeriu que "Cristo viria sim", mas não na Primavera e sim no Outono daquele mesmo ano... E isso porque, o dia do juízo seria exatamente "o 10º dia do sétimo mês no calendário judaico rabinista" - e que naquele ano cairia no dia 22 de outubro de 1844... A-ha!!!... Agora sim... Afinal, seguiu Snow, "a purificação era feita no santuário israelita, um antítipo do santuário celestial, e aconteceria naquele dia"... Batata!!! Portanto, concluiu Snow, Cristo virá neste dia - e eu imagino que para pegar o feriadão... O sumo sacerdote viria a este mundo buscar o seu povo eleito e puro, e precisamente nesta data... Mas esta data ficou conhecida como o "Dia do Grande Desapontamento" ou da "Grande Decepção"... Isso porque  'nananinanão', nada de salvador voando em nuvens, e nada de juízo final, mais uma vez... A festinha dos adventistas estava preparada, com bandas, fanfarras e bandeirinhas, mas o 'chopp foi aguado outra vez'... Que papelão de deus??? Isso não se faz... Pelo menos liga com antecedência e avisa que vai ficar pra depois - pra bem depois, pelo visto...

Mas o teimoso Miller, que morreu em 20 de dezembro de 1849, insistiu até o fim que a sua interpretação estava certa... Claro que sim... Curiosamente ele nunca deixou de pertencer à Igreja Batista, outra agremiação religiosa... Hoje este movimento fanático, os adventistas, ainda vivem da interpretação das profecias e asneiras de William Miller, um doente mental, que nunca estudou e nem se formou em nada, tendo apenas concluído o ensino fundamental com sofreguidão...

Quando será a próxima vinda de Cristo? Já está marcada?

Não podemos acordar a quem prefere continuar dormindo e esperando pelo juízo final... E não podemos ajudar a quem "crê que tudo sabe" através do seu único livro, a bíblia... Ou seja, estarei à disposição de que quiser aprender, mas não perderei todo este tempo com quem só escuta a própria voz dizendo 'lalalalalaa'... Estarei pronto para atender a quem 'sabe que nada sabe'... Ou ao menos tem dúvidas... Mas concordo com o Thales Vianna Coutinho, não há nada a fazer neste caso... É como um viciado em drogas que não quer ser tratado...

A fé não explica nada, mas afasta importantes perguntas... Fé, é quando as respostas - previamente colhidas na bíblia - precedem as perguntas... Sendo a fé cega um notório pleonasmo... E a insPIRAÇÃO bíblica dependente, diretamente, da ignorância de quem lê... quando leem!!!

Carlos Sherman

Um comentário:

  1. Pense um pouco... O homem criou deus a sua imagem e semelhança.
    Pois deus,e bondoso ao mesmo tempo tem raiva, se engana, erra,cria demônios, se vinga, perdoa, pune.
    Esta forma de agir e bem humana, ou não?

    ResponderExcluir