Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Marx: O Bufão Hipócrita



E arrisco um pouco mais, Fidel é uma mentira, Che é um assassino psicótico - "nosso regime é um regime à morte" -, e o alemão Marx foi um bufão hipócrita de família aristocrática, rica, que nunca trabalhou... Mal escritor... Em Londres viveu de heranças ocasionais mas passou apertado... Preferia fumar e beber ininterruptamente a alimentar os filhos, de forma que 4 morreram de inanição... Manteve seu status burguês enquanto explora a única ideia que supostamente lhe rendia algum status, e uns trocados vez ou outra: A revolução do proletariado... Uma farsa absurda e histórica...

O russo Engels era diferente, e se alguma boa puder ser peneirada cabe a ele... Ele deu corpo aos excessivos volumes do capital... Algum valor no diagnóstico de alguns problemas do capitalismo, e grotesco no prognóstico... Enquanto alardeavam que o lucro e o excedente era fruto inequívoco da exploração do trabalho, Engels comandava sua fábrica têxtil em Manchester, e com os 'lucros' decorrentes, mandava uns trocados para o bufão hipócrita...  

Marx curtia a boemia, e apesar do aperto comia em louça cunhada com o brasão da família e usava prataria de primeira... Uma hipocrisia de norte a sul... Que terminou por assolar o leste, para ser exportada para o oeste... Triste destino... A Era das Utopias naufragou pela crença em bandeiras em detrimento do ceticismo livre e honesto... Triste destino...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário