Pesquisar este blog

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Grande Russell



Sobre um post com aforismos e pensamento do grande Bertrand Russell (1872-1970), comentei:

Grande Russell, sempre genial, mas nesta coletânea cometendo duas gafes, e que apontam diretamente para o mesmo grave equívoco... Lamento... Primeiro Russell diz "Penso que se deva admitir que os males do mundo são devidos (...)" e depois "Um homem retirado de um ambiente e posto subitamente em outro talvez (...)"... O grave equívoco foi pensar - durante boa parte de sua vida, e conforme o pensamento corrente de seu tempo, meio vitoriano, meio era da utopias sociológicas - que o homem era produto do meio... Esta ideia antiga, conhecida também como doutrina da tábula rasa, está completamente equivocada, e foi embalada pelo behaviorismo e pela engenharia sociológica na primeira metade do século XX... 

Mas, isso não diminui a minha admiração por Russell, e nem me impede de beber da fonte de onde emana o seu conhecimento, e aprender com a sua integridade intelectual... Assim como Russell Wallace, que terminou a vida tentando contato com os mortos, ou Darwin que declarou até o fim acreditar em um tipo de deísmo, Russell 'acreditou' na 'tábula rasa'... Este foi um grande empecilho em seu caminho... Lamento, mas é verdade... Este último, Darwin, foi ainda mais exemplar em não permitir que suas 'ditas' crenças interferissem em sua integridade intelectual, e finalmente em suas proposições científicas... Outros trilharam sendeiros similares como Galileu e Newton... 

Mas os homens livres de hoje dispõe de vertiginoso acervo de conhecimento cumulativo, devidamente submetido ao escrutínio da 'pensabilidade',  da epistemologia, e do método científico... Por isso, com a lição aprendida de Russell, mantenho-me em estado de vigília com respeito à integridade intelectual e avaliando sempre a minha 'pesabilidade'; e com as lições aprendidas também com os equívocos cometidos por grandes homens, mantenho-me afastado do culto à personalidade... A Integridade Intelectual exige que sejamos Iconoclastas...

Ético, logo Cético... 

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário