Pesquisar este blog

terça-feira, 15 de maio de 2012

O Guia



Publicaram o post acima...

Comentei:

Concordo, entendo, mas não é tão simples assim... Este 'guia' pode te levar à missa, ao templo, e ao esoterismo... Não é uma simples questão de escolha... Não somos produto do meio, não existe o livre-arbítrio, e existem impulsões genéticas e neurofisiológicas para a crendice reinante... Mas  existem saídas, e tanto é que o número de crentes está diminuindo... Aqueles que - genética, neurológica e bioquimicamente - dependem do 'bando', da segurança do bando, estão nascendo em países majoritariamente ateus, e estão encontrando segurança em bandos céticos, na ciência, na medicina, na razão... Mas a tendência obsessiva que leva ao fervor não pode ser facilmente revertida, o que poderemos fazer é oferecer outro caminho... John Nash e Wellington Menezes compartilharam a esquizofrenia... Nash, de 'Uma Mente Brilhante' foi 'doutrinado' pela ciência, e dedicou sua obsessão à ela, ganhando o Nobel de Ciências Econômicas; isso enquanto fantasiava a vida com personagens da guerra fria... Menezes, doutrinado por um 'livro à morte' matou crianças em realengo, enquanto fantasiava o seu convívio com personagens bíblicos e ansiava por 'purificação'... 

Crentes são vítimas, insisto, os pregadores sobre o púlpito seus algozes; que de alguma forma também são resultantes de suas genética associada ao aprendizado e às experiências vividas... Talvez um pouco complexo de entender, duro de aceitar, mas ainda assim é a VERDADE... E a verdade não tem adjetivos...

Carlos Sherman

Um comentário:

  1. Triste sina, para alegria dos algozes especuladores da crença alheia, mercenários da fé.

    ResponderExcluir