Pesquisar este blog

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Sem evidência, sem crença...



Não creio em deus - nenhum deus, ou entidade e eventos sobrenaturais - porque "não há evidências para a existência de deus. Isto é tudo o que precisa ser dito: sem evidência, sem crença." (Barker, 1992)... Mas isso não é grande coisa... É só uma consequência ou desdobramento de minha atitude cética... Não conjugo o verbo crer... Pra quê? Sei ou não sei, e o meu saber está situado em um grau de profundidade, sujeito à um erro ou imprecisão, e circunscrito a um universo de observação...


Ético, logo cético...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário