Pesquisar este blog

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Os males da religião?



Grandes amigos meus versavam sobre 'os males da religião', considerando as ofensas dirigidas por crentes a ateus:

"Será que essas pessoas são tão ofensivas assim por causa da religião? Será que é mesmo a religião o grande problema? Porque parece que tem pessoas tão cruéis e que colocam comentários tão desumanos, que ouso pensar que mesmo num mundo em que todas as religiões fossem exorcizadas, essas pessoas continuariam a agir assim. Não sei... A religião faz sim muitas coisas ruins, mas acho que ela não é a 'Raiz de todo o Mal'. O que vocês acham?"

Brothers, e escrevendo desde São Carlos, minha nova morada, o problema é outro... Comportamentos obsessivos, defensivos, agressivos, etc e tal, tem origem em nossa genética... Religião, política e futebol são oportunidades para expressar a adesão a toda sorte de bandeiras... Defender bandeiras e agir de forma dogmática é uma impulsão genética, que pode ser estimulada ou não por nosso sistema educacional... O 'mal' é o dogma... O 'mal' é defender o seu grêmio ou grupo sem se importar com a justiça... O mal é discriminar 'eles' e 'nós'... Embora tais 'programas' em nossa mente tenham desempenhado importante papel em nossa sobrevivência em tempos idos... Sempre digo que no debate honesto perder é ganhar... Ganhar em novos conhecimentos... Na disputa sombria perder é perder mesmo... E vale tudo para ganhar, até perder-se... Este é o mal do dogma... Atropelar a verdade, a justiça e a ética em prol do 'NÓS' - contra ELES -, custe o que custar... Por isso insisto amigos, ´ÉTICO, LOGO CÉTICO'... Ser cético, ou seja, olhar os detalhes, olhar de perto, olhar detidamente, é um dos pré-requisitos da liberdade e da honestidade...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário