Pesquisar este blog

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Bela Foto...


Fomos colocados num planeta com quatro estações; erva verde (tapete natural), céu azul (possibilidades ilimitadas), e descobrimos nossas pegadas na areia molhada de uma praia iluminada pelo sol cujas ondas sao conduzidas pela lua.
Ouvimos sorrisos e vozes de crianças e musica dos pássaros que alegram e inspiram o dia a dia; quando chegamos em casas somos celebrados pelo sorriso do latido de nosso melhor amigo. Com tanta poesia e beleza em nosso caminho como poderíamos pecar com uma seriedade dissonante ou uma seria dissonância?
Nao deveríamos antes explorar avenidas da arte, ciência e inspiração rumo ao coração do infinito? Hanni
 ·  ·  ·  · há 13 minutos · 
    • Carlos Leger Sherman Palmer Bela imagem... No entanto, as avenidas da 'ciência' passam bem longe de vossa premissa sobre sermos "colocados num planeta"... E sim, a seriedade é dissonante em muitos momentos, mas foi com seriedade que desenhamos o computador que permite este diálogo, assim como colocou em órbita o satélite que viabiliza a comunicação... Foi com seriedade que desenvolvemos a ciência médica, e com seriedade foi que avançamos sobre a mortalidade infantil e a expectativa de vida... Mas existem momentos para a arte, para o regozijo, para o gozo... E a mesma paixão embala os sorrisos e a busca séria e consequente por conhecimento, recusando a verborragia fácil e pouco séria de tantos que apenas usufruem daqueles que pensam, professam e praticam atos sérios... Humano, demasiado humano... Mas, bela foto...

Nenhum comentário:

Postar um comentário