Pesquisar este blog

terça-feira, 21 de agosto de 2012

Fronteiras do Pensamento - Eduardo Giannetti Parte I




Herman, melhore os seus argumentos... Ou procure um neurocientista para checar o seus lobos temporais... A velha crença na crença, daqueles que não querem estudar, mas desejam assumir palanques... 'Quem nada sabe, em tudo crê' - Jam Neruda... Belíssimo trabalho de Giannetti, consolidando muitos saberes que impõe-se pela PROVA, aos quereres pouco honestos, derivativos da superstição e do obscurantismo...

As velhas falácias, falsa generalização seguida de falsa dicotomia, ou seja 'na inglaterra terra da eugenia' - FALSO -, 'doutoramento na inglaterra', logo adepto da eugenia - FALSO... Também incorre na falácia retórica do Argumento Ad Hominen ao atacar ao palestrante, sem apresentar argumentos que reavivem o debate... As velhas besteiras são repetidas, sem nexo, e de forma pouco honesta, ou você vive de subjetividades ou trata o homem como mercadoria... Não existe, para o Herman, a possibilidade do entendimento objetivo sobre o homem, por mais que as provas e as evidências gritem em nossa cara... 

E lá vem o ôba ôba anti-globalização, anti NOVA ORDEM MUNDIAL... O velho chavão, a velha torcida... Muita eloquência para pouco ou nenhum conhecimento... Triste destino... Sim Herman, acreditar em alminhas do outro mundo, deuses, e outras superstições é mais do que ridículo, em pleno século XXI... Seu maniqueísmo de segunda, já não move as massas... O populismo está saindo de moda... E à propósito, além da falácia da dualidade corpo e alma, adicione mais duas como desafio: a falácia do bom selvagem, e a falácia do homem como produto do meio... E estude, seus conhecimentos provém do início do século XX, época de tiranias e derramamento de sangue, em prol da falácia de construir o novo homem... Não me fale em novo homem, nem em nova ordem, desça aqui e agora para o patamar mortal de debater ideias baseadas sempre em PROVAS... O mero constructo, a vontade pessoal, a sua projeção fantasiosa, não é de interesse público... Não mais... 

Carlos Leger Shernan Palmer

isso está claro, doutoramento na inglaterra terra da eugenia.quer reduzir o ser humano a uma mera mercadoria, está indentificado. Falar sobre uma psique coletiva causal entre o mundo mental e o confronto com a realidade subjetiva que de forma alguma ele poderá torná-la objetiva, suas presunções se aliam a NOVA ORDEM MUNDIAL
A afirmação do senhor gianneti sobre a ilusão da alma tem respaldo nossoa seus estudos sobre o filologo Nietzcshe. Não tendo honestidade intelectual distorxce o cerne do pensamento nietzschiano sobre a incência do devir tão aclamado por Nietzsche. A descontrução da psique humana reduzindo-a à uma sérioe de impulsos eletricos e decodificações,interpretações do complexo sistema crebral, visa a obediência a nova ordem mundial, .
hernandesjuan

Magistralmente brilhante. Sinto-me honrado de poder ouvir - mesmo que por meio de internet - as palavras desse grande intelectual. Um grande abraço para o canal e para o mestre Giannetti. Aguardo por mais vídeos.
pedroi17

Nenhum comentário:

Postar um comentário