Pesquisar este blog

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Onfray, la crème de la crème...




Filósofo e escritor francês com mais de 50 obras publicadas, Michel Onfray é um dos autores mais polêmicos da atualidade. Em seu último livro, Le crépuscule d’une idole, ainda sem tradução no Brasil, Onfray atribuiu o charlatanismo à psicanálise, tendo causado reações enfurecidas na França. Para falar de suas críticas a Freud, Onfray sobe ao palco do Fronteiras do Pensamento nesta quarta-feira, dia 10 de outubro, na Sala São Paulo.

Influenciado por Nietzsche e com um pensamento que se caracteriza pela afirmação da razão, Onfray considera que não há filosofia sem sociologia ou ciência. “A filosofia não cai do céu das ideias, como afirmam os idealistas e espiritualistas. Ao contrário, vem da terra e do corpo, de sua interação com a história”. 

Fundador da Universidade Popular de Caen, criou a instituição em 2002 com o objetivo de retomar uma "comunidade filosófica" contra o mercado do conhecimento. A Universidade é baseada na isenção de taxas e no livre acesso, não exige qualquer qualificação acadêmica para ingresso e compromete-se em fornecer alto conhecimento a todos. 

Em sua mais recente obra publicada no Brasil, Contra-História da Filosofia Volume 4 (WMF, 2012), o autor revisa o chamado “século das luzes”, que prenuncia o fim da Idade Moderna, período em que “vai sendo formulado um pensamento hedonista, materialista, revolucionário, mas não como a historiografia marxista pretendeu fazê-lo”. 

Michel Onfray é o penúltimo conferencista do Fronteiras do Pensamento São Paulo. Sua palestra será no dia 10 de outubro, quarta-feira, às 20h30. No dia 30 de outubro, Mohamed ElBaradei encerra o ciclo 2012.

QUANDO: 10 de outubro, quarta-feira
ONDE: Sala São Paulo (Praça Júlio Prestes, 16 – Luz)
HORÁRIO: 20h30
INFORMAÇÕES: 11 4007-1200 e www.fronteiras.com




MICHEL ONFRAY -> "Freudismo é uma religião que coloca a sexualidade no centro de tudo no preciso momento em que o cristianismo e o judaísmo começaram a ser criticados. A ideia de que a sexualidade poderia ser uma lei universal num mundo em que ela foi reprimida por 20 séculos é muito atraente. As primeiras reações que recebi de meu livro ('Le Crépuscule d'une Idole') foram de histeria crítica, semelhantes às que obtive quando lancei o 'Tratado de Ateologia'. Não há debates polêmicos sobre minha obra, pois defensores de Freud não discutem. Eles insultam. Eles atacam."

Filósofo e escritor, Michel Onfray é um dos escritores franceses mais lidos da atualidade. Autor de mais de 50 obras, há dez anos, idealizou a Universidade Popular de Caen com o objetivo da retomada de uma "comunidade filosófica" contrária ao atual mercado do conhecimento. A instituição, comprometida em fornecer alto conhecimento para as massas, é gratuita e direcionada a todos os interessados, sem exigir qualificação prévia e independente de idade.

Onfray leciona aulas semanais de "contra-história da filosofia" em Caen, atraindo um grande público das mais diversas regiões da França. Com grande repercussão do seu trabalho nas mais variadas mídias, é reconhecido internacionalmente como autor dos best-sellers "A potência de existir", "A política do rebelde" e a série "Contra-história da Filosofia".

Depois do polêmico "Tratado de ateologia", em que defende a morte de Deus, Onfray escreveu "Le Créspucule d'une Idole", ainda não publicado no Brasil, obra em que ataca Freud, atribui à psicanálise o efeito placebo e trata o psicanalista como um charlatão, causando grande repercussão e a reação indignada da comunidade psicanalítica na França.

MICHEL ONFRAY NO FRONTEIRAS DO PENSAMENTO SÃO PAULO: nesta quarta-feira, 10 de outubro, às 20h30min, na Sala São Paulo. 

SAIBA MAIS:
- Entrevista Michel Onfray | Revista Valor Econômico http://is.gd/nCntie
- Michel Onfray: a contra-história da filosofia | Entrevista à revista Filosofia
- Michel Onfray no Fronteiras SP e SC http://is.gd/mysoQz



MICHEL ONFRAY: "A psicanálise é tão científica quanto a ufologia". Conhecido por seu ceticismo, o filósofo francês Michel Onfray, próximo conferencista do Fronteiras São Paulo (10/10), atribui à psicanálise o efeito placebo e a Freud o charlatanismo.



Minhas considerações:


Michel Onfray possui rara 'Integridade Intelectual'...

A apresentação do meu amigo Onfray - um dos maiores pensadores de nossa época - em 10 de Outubro na Sala São Paulo foi como de costume... Contínua, até certo ponto monótona, mas apinhada de fatos, conhecimento em primeira mão, estrutura, consistência, integridade e VERDADE... Teria sido monótona, e impávida, como Onfray, não fosse pela atitude agressiva, abusiva e grotesca de 'freudianos de carteirinha' que além de deixar a sala no meio de mais uma célebre apresentação, não hesitaram em demonstrar sua selvageria, vaiando e bradando frases xiitas como 'vocês vão permitir isso?'... Um show de péssima ou nenhuma educação, despreparo e CRENDICE... Afinal 'você vão permitir isso?' o quê? O que é ISSO? Um livre pensador demonstrando o que concluiu após extensa e profunda análise de evidência, provas e fatos??? Sim, vamos e devemos permitir que vozes livres e bem embasadas expressem a verdade... Doa a quem doer, e doa no bolso de quem doer... Pude agradecer pessoalmente a Onfray, meu amigo, e dizer em pobre francês: l'arrivée de la cavalerie... Obrigado Onfray, exalto a sua integridade intelectual... O mundo é movido por homens como você... Sobre Freud, devo dizer que foi exumado e teve o seu diploma caçada... Já a algum tempo... Sobre a Psicanálise, trata-se de uma espécie de Alquimia, que cedeu lugar à Química... A Química não é pois a evolução da Alquimia, é a superação... Não existem vestígios da Alquimia na Química, assim como - analogamente - não existem vestígios da Psicanálise na Neurociência Cognitiva... Sobre deus, Nietzsche e outros fizeram um bom trabalho selando sua morte... Sobre os estelionatários da fé em deuses, Freud, espíritos, etc, recomendo a aplicação severa das leis em vigor... Estelionato é crime... Brincar com a esperança das pessoas deveria ser inafiançável... Triste destino... Aos amigos de Fronteiras do Pensamento, o meu mais profundo respeito... Um evento sem igual em Terra Brasilis... Você também fazem parte da cavalaria... Palestrantes ilustres por mérito, organização impecável.... Todos os aspectos do evento, de A a Z, merecem a minha nota máxima...

Onfray, 'l'arrivée de la cavalerie'... Obrigado pela palestra, um forte abraço...

Freud é um caso histórica de charlatanismo, fraude, e CRENÇA... Assim como fiéis seguiram religiões e seus deuses, legiões de psicanalistas e dependentes seguem Freud... E a exemplo dos fiéis e seus livros sagrados, os freudianos desconhecem a obra de Freud, sua vida - fatos - e sua correspondência... Onfray não é agressivo quando fala de Freud... Onfray até que mantem o decoro... Estamos falando de um ato de ambição desmedia que levou gerações ao calvário da perversão de da sexualidade doentia... Esta é a verdade.... Evidentemente encarar a verdade irrompe em algumas questões interessantes... De um lado significa assumir um equívoco acachapante... Crente... De outro, abdicar da profissão, jogar o diploma no lixo e começar do ZERO...

[Weldher Rodrigues de Abreu disse: é preciso muita atenção para perceber a dimensão de Onfray... Há nele pensamentos incríveis, e na mesma proporção, uma fúria demolidora de referências e grandes autores... Em fim, ele deve fazer do ódio a sua argila.]... Weldher Rodrigues de Abreu, comentário INEFÁVEL... Onfray, 'l'arrivée de la cavalerie'...

Onfray, la crème de la crème...

Como foi bem dito por alguém, Onfray é 'L'enfant terrible' - do pensamento moderno...

Carlos Sherman



Nenhum comentário:

Postar um comentário