Pesquisar este blog

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Militância Ateísta...



Sobre um excelente vídeo debatendo a 'militância ateísta':

Brother, fui o primeiro a elogiar... Mas acho que faltou um aspecto fundamental: 'ateísmo' não é uma proposta positiva... Não é uma proposição positiva, e sim negativa... Ou seja, não acreditar em deuses - e no sobrenatural - não é uma proposição e sim uma negação... Melhor dito, não posso definir a minha vida por uma negação... Defino a minha vida como uma trajetória pensante, em um mundo natural, sem subterfúgios sobrenaturais, e para isso posso 'esperar para saber'... Ou seja, esta é uma proposição de vida, ativa, clara... Pretendo, pela clareza, pelo conhecimento, diminuir a confusão vigente, e diminuir o sofrimento humano... Este é o ponto fundamental... 

De forma que não pode existir identidade somente sobre a negação... Precisamos examinar as propostas positivas de cada um para avaliar a identidade... É por isso que questiono a 'militância ateísta', e que normalmente se manifesta na forma de deboche... Existe uma biologia para a crenças, e você sabe disso... Crentes são vítimas, e os seus algozes estão no púlpito.... Estamos falando de problemas e características neurofisiológicas, acentuadas pela falta de educação específica... 

Não necessitamos de militância para uma negação... Precisamos incentivar o pensamento, questionar atos de submissão, alardear sobre a melhoria de vida promovida pela ciência, demonstrar a correlação entre pensabilidade e ética, divulgando - como você bem diz - sobre como a mente funciona, explicando o comportamento humano, etc... Eliminar a ilusão dos deuses é importante, mas como você assinala, não é tudo, e na verdade não é nada... Precisaremos de muito mais... Ainda existirão ETs, os partidos políticos, times de futebol, 'paulocoelhismo', freudismo, 'marxianismo', conspiracionismos animistas, zeitgeist, matrix, astrologia, etc... E mesmo que varrêssemos o sobrenatural do planeta, ainda precisaríamos de ÉTICA e boas práticas de convívio... 

Acho que o vídeo foi sensacional como 'brain storm' - ou 'toró de parpite', rsrsrsrs - mas acho que você foi ambíguo em sua conclusão... Na verdade você efetivou um tremenda ponderação, e não concluiu sobre suas ponderações... Não subtraio um grão de suas valiosas ponderações, que também são minhas ponderações, mas acho que você concluiu - sem concluir - exatamente o contrário, ou seja: 'não precisamos de uma militância ateísta'... Precisamos de outras ações, que não são dependentes do ateísmo, e sim da atitude cética e bem intencionada, 'humana, troppo umana'... Um forte abraço...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário