Pesquisar este blog

domingo, 23 de dezembro de 2012

Sobre Argumentos e Autores


Sobre Argumentos e Autores... Sobre espadas, livros sagrados e MEDO...

Um argumento deve ser julgados como verdadeiro ou falso, plausível ou refutável, de acordo com a sua integridade, e independentemente de quem foi o seu autor...

Sem esquecer que 'um exemplo vale mais do que mil palavras'... Não basta 'falar', será necessário ainda aferir a coerência dos atos...

Vamos a alguns 'argumentos':

(1) ‎"Observa o teu culto a família e cumpre teus deveres para com teu pai, tua mãe e todos os teus parentes. Educa as crianças e não precisarás castigar os homens."

(2) "Feliz aquele que pegar em teus filhos e der com eles nas pedras."

(3) "O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga."

(4) "Não cuideis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada; Porque eu vim pôr em dissensão o homem contra seu pai, e a filha contra sua mãe, e a nora contra sua sogra; E assim os inimigos do homem serão os seus familiares. Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim."

(5) "Porque Moisés disse: Honra a teu pai e a tua mãe; e quem maldisser, ou o pai ou a mãe, certamente morrerá.

(6) "Deus sabe que eu só quis a paz."

(7) "Que Deus os ajude em sua luta."

(8) "Sigo o caminho da Providência de Deus, com a precisão e a segurança de um sonâmbulo."

(9) "Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei."

(10) "Temer o amor é temer a vida e os que temem a vida já estão meio mortos."

(11) "Aquilo que os homens de fato querem não é o  conhecimento, mas a certeza."

(12) "E o quinto anjo tocou a sua trombeta, e vi uma estrela que do céu caiu na terra; e foi-lhe dada a chave do poço do abismo. E abriu o poço do abismo, e subiu fumaça do poço, como a fumaça de uma grande fornalha, e com a fumaça do poço escureceu-se o sol e o ar. E da fumaça vieram gafanhotos sobre a terra; e foi-lhes dado poder, como o poder que têm os escorpiões da terra. E foi-lhes dito que não fizessem dano à erva da terra, nem a verdura alguma, nem a árvore alguma, mas somente aos homens que não têm nas suas testas o sinal de Deus. E foi-lhes permitido, não que os matassem, mas que por cinco meses os atormentassem; e o seu tormento era semelhante ao tormento do escorpião, quando fere o homem. E naqueles dias os homens buscarão a morte, e não a acharão; e desejarão morrer, e a morte fugirá deles. E o parecer dos gafanhotos era semelhante ao de cavalos aparelhados para a guerra; e sobre as suas cabeças havia umas como coroas semelhantes ao ouro; e os seus rostos eram como rostos de homens. E tinham cabelos como cabelos de mulheres, e os seus dentes eram como de leões. E tinham couraças como couraças de ferro; e o ruído das suas asas era como o ruído de carros, quando muitos cavalos correm ao combate. E tinham caudas semelhantes às dos escorpiões, e aguilhões nas suas caudas; e o seu poder era para danificar os homens por cinco meses."

(13) "Alguns nascem póstumos (...) Eu estaria em completa contradição comigo mesmo se já esperasse hoje encontrar ouvidos e «mãos» prontos para as «minhas» verdades; que hoje não se ouça nada de mim, que hoje não se saiba tirar nada de mim, isto não é apenas compreensível, mas parece-me até mesmo normal."

(14) "Não basta inda de dor, ó Deus terrível?! É, pois, teu peito eterno, inexaurível de vingança e rancor?... E que é que fiz, Senhor? que torvo crime eu cometi jamais que assim me oprime teu gládio vingador?!"

(15) "Por uma questão de bom senso eu não acredito em deus - e nenhum deles"

(16) "Não seria demasia lembrar que os arautos das devassas ilegais odiosas e fascistas, acabam por ter que quebrar os seus próprios espelhos."

Vamos aos respectivos autores:

(1) Pitágoras 'o Samiano' biografado Jâmblico
(2) Deus judaico-cristão-islâmico em Salmos [137:9]
(3) Deus judaico-cristão-islâmico em Provérbios 13:24
(4) Jesus Cristo em Mateus 10:34-37
(5) Jesus Cristo em Marcos [7:10]
(6) Adolf Hitler, nota enviada alguns dias antes da invasão da Polônia
(7) Adolf Hitler, discurso aos seus soldados em 22 de Junho de 1941, por ocasião da Operação  Barba Vermelha
(8) Adolf Hitler, discurso em 1936 na Renânia
(9) Jesus Cristo em Lucas [12:5]
(10) Bertrand Russell
(11) Bertrand Russell
(12) Jesus Cristo no Apocalipse de João [9:1-10]
(13) Friedrich Nietzsche em Ecce Homo
(14) Castro Alves
(15) Charles Chaplin
(16) Carl Sagan


Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário