Pesquisar este blog

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Ao meu amigo William...


http://ethosproject.blogspot.com.br/2013/01/mais-sobre-certezas-relativizacao-e.html

Curtir ·  ·  ·  · 5 de janeiro às 23:32
  • Willian Souza Bernardes Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância.
    Sócrates
  • Carlos Leger Sherman Palmer Pois é William... Sábio e maduro... O problema é que tal posição é para poucos... Apesar de conhecer as decorrências neurofisiológicas, genéticas, e a falácia do livre-arbítrio, é muito difícil para alguém com a minha personalidade manter 'sempre' o decoro... No Facebook estamos expostos e em profusão, à um nível de ignorância que não costumamos enfrentar em nossos relacionamentos interpessoais, e isso por que podemos escolher entre tantos conhecidos quais serão os nossos convivas... Podemos, enfim, escolher nossas companhias... As redes sociais colocam outro paradigma, o relacionamento por 'alcance', e neste caso pessoas 'ativas' como eu, e preocupadas com os desígnios da humanidade 'sofrem' dando murro em ponta de faca, dia após dia... Sou demasiadamente sensível ao meu entorno... Massacra-me estar rodeado daqueles que nada sabem, mas reclamando o direito de opinar, ou palestrar, sobre tudo... Ando refletindo sobre modificar o meu perfil de utilização do Facebook... Recuso-me a discutir ciência, por exemplo, com quem não possui sequer os rudimentos para tal.... Mas estarei disposto a responder aos questionamentos de quem reconhece sua condição... Não pretendo perder um segundo sequer debatendo com aqueles que nada sabem, e portanto em tudo creem... E professam o seu 'ato de fé', seja lá no que for, marxismo, freudismo, pleiades, cinturões de fótons, planeta x, astrologia, cristologia, PTlogia, paulocoelhismo, ETs em geral, teorias da conspiração tipo VGM - viagem geral na maionese -, Green Morton e o 'rá', 'ré-rí-ró-rú', ou na crenças em Tupã, e no Grande Jujú da Montanha... Não perderei o meu precioso tempo com devaneios... Mesmo ciente de que estes devaneios perfazem uma incapacidade neural, e sabendo que estas pessoas, em maior ou menor grau, precisam de ajudas, e estando disposto a ajudá-las, sei que para iniciar qualquer relacionamento produtivo, é necessário um mínimo de consciência sobre a própria ignorância, vulnerabilidade ou patologia... Por exemplo, um médico não pode sair por aí dizendo 'olha eu posso te curar'... É necessário que 'paciente' decida que precisa de ajuda, é necessário que ele confie na terapia e no médico... Sinto-me esgotado de Facebook, não porque o Facebook seja - animicamente - responsável por nada, mas o seu modelo, combinado com as minhas características, não tem produzido bem estar para a minha vida... Você e outros amigos, são como um oásis no deserto, mas vocês não precisam de ajuda, vocês também são guias do livre pensamento, mais ou menos experientes, mas todos, sem exceção, estão plenamente LÚCIDOS e conformes com a REALIDADE... Um forte abraço e muita saúde em 2013...

Nenhum comentário:

Postar um comentário