Pesquisar este blog

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Encontro com Homens Notáveis: Luís Prox





Encontro com Homens Notáveis: Luís Prox

Escrevo a mensagem logo abaixo, como conclusão pessoal, em consequência do delicioso colóquio que acabo de degustar, com o meu amigo-irmão-e-quase-papai, Luis Prox... Trata-se de um caso de homoternura, rsrsrsrs, 'o amor entre homens sem penetração', rsrsrsrsrs... O alemãozinho-zão - quase dois metros - é um fofo, rsrsrs, firme e fofo...

Esta mensagem é portanto, uma ode à nossa amizade, uma homenagem a um dos seres humanos mais corretos, íntegros e puros que conheci na vida...Tenho o privilégio de conviver com ele, passo a passo, pelos últimos 20 anos de minha nossas vidas... E viver ao lado dele nunca terá sido suficiente - pelo tempo que me restar...

A Maturidade
é um conceito humano,
e que transcende a responsabilidade individual,
e o mero tempo transcorrido
de nossas vidas...
Maturidade é diferente de maturação.... 
Como conclusão e proposição, 
posso dizer que a maturidade
é a medida do grau de consciência
sobre 'quem somos', 
nossas fortalezas e fraquezas, 
os nossos tesouros 
e todo o lixo que somos capazes de produzir;
é o grau de consciência 
sobre 'onde estamos', 
e 'para onde' pretendemos seguir,
além da consciência responsável
sobre a força de nossos atos 
sobre a vida de outras pessoas, 
assim como as respectivas consequências 
que a inação ou a omissão
podem acarretar... 
Mas Maturidade
é também a consciência
sobre a potência e a impotência,
sobre a coragem e o medo,
sobre a nossa de reação e resignação...
É também
a consciência de nossos limites,
e a consciência do que é inato,
do que foi aprendido,
e do que está amordaçado... 
Conhecendo 
sobre 'quem - realmente - somos',
e refutando 
a frustração de 'quem gostaríamos de ser',
poderemos finalmente 'ser' - e ser de propósito... 
Amadurecendo enquanto maturamos...
Experimentando, enquanto aprendemos...
A maturidade conclama a empatia, 
posicionando inequivocamente
o 'locus de controle' - de nossas vidas -
em nossas mãos... 
A consciência do desafio, 
do desafio de amadurecer, 
esta sim é a deixa para crescer,
este sim é o mote para começar...
Nunca terminaremos de amadurecer...
Muitos, nunca serão capazes de começar...
Maduros, poderemos zelar por eles...
A maturidade é uma medida de nossa utilidade,
e o ensejo de nossa funcionalidade humana...
Maturidade é ser 'humano', troppo umano,
até o fim...


Carlos Sherman


Nenhum comentário:

Postar um comentário