Pesquisar este blog

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Fisiológicos...



(..) sobre a sua resenha: somos antes, e sobretudo, 'fisiológicos' -  por meio da decorrência Genética e do Desenvolvimento Gestacional, além dos imprintngs em nossas primeiras horas, dias e meses de vida... O aprendizado e a cultura, assim como a cadeia de eventos de cada um, somente será capaz de potencializar quem somos por natureza, mas jamais 'moldar' quem seremos... Esta é a falácia da Tábula Rasa, e que infelizmente fundamenta a Sociologia, embora trata-se de um ledo engano, e com terríveis consequências históricas... Não somos produto do meio... 

Somos produto de nossa Genética expressa e nossa Fisiologia, e o nosso comportamento decorre, sobretudo, de nossa Neurofisiologia... O meio e o aprendizado vem depois, e também influenciarão o nosso comportamento, e a resultantes de nossas ações... A 'semente' biológica de 'quem somos', analogamente, 'rosas, girassóis ou cactus', decorrem diretamente de nossa 'natureza' - Genética... O meio deverá prover a intensidade luminosa, adequada ou não, a água, os nutrientes, mas não transformará a nossa natureza... Poderemos cumprir o nosso potencial como rosas, exuberantes, singelas, ou murchas, da mesma forma que seguiremos a nossa tendência natural, inescapável, para sermos outra coisa, outra pessoa, outro tipo de pessoa... 

Durkheim estava equivocado quando disse que 'Omnia cultura ex cultura', i.e., 'o fenômeno cultural decorre do fato cultural'... Projetamos a natureza humana sobre a cultura, e somos realimentados por ela, dinamicamente, e nunca o contrário... Se faz 'mister' conhecer a neurofisiologia humana para compreender o homem e suas culturas derivadas... Freud, Jung, Marx, tropeçaram em sua ignorância sobre a natureza humana, e não entenderam que:

Omnia cultura ex hominem... 

Carlos Sherman


Nenhum comentário:

Postar um comentário