Pesquisar este blog

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Mais sobre a natureza humana...



Sou capaz de uma boa risada, ou de 'sorrir' com a mente diante de algo cândido ou inteligente... Mas não sou capaz de gargalhar quando alguém tropeça, inadvertidamente, e enfia o rosto em uma torta... Outros são capazes de capotar em gargalhadas, por muito menos... Não sou capaz de rir quando alguém foi lastimado, física ou emocionalmente... Isso porque primeiro reconheço a dor, o constrangimento, e o meu cérebro não alcança o momento cômico impunemente... Lá estou eu, reagindo rapidamente e em socorro, enquanto escuto a risada de uns, e o escárnio de outros... 

 Portanto, mesmo dispondo de senso de humor aguçado - presumo -, não sou capaz de considerar um acidente, mesmo que jocoso, um acontecimento realmente cômico... Nunca fui... Não pude curtir 'Os Três Patetas', nem o 'Chaves'... Apesar O humor pra mim sempre necessitou de algo mais, de inteligência, sutileza, ironia... 

Gosto de comportar-me assim, aceito e celebro a minha natureza neste particular, mas não é uma escolha, nem uma virtude 'eletiva'... Eu sou assim, sempre fui assim, a minha genética trouxe este embaralhamento, que a neurofisiologia tratou de efetivar... Posso rir do infortúnio, se não houver dor... O meu instinto de proteção - sobressaltado - me impede de chegar lá... Mas sinto-me confortável em minha natureza, ao menos com respeito a este particular...

Somos quem somos sem intencionar sê-lo, mas somos... Descubra quem é, e seja de propósito... A isso costumo chamar de MATURIDADE....

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário