Pesquisar este blog

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Papo com Luc...





Temos uma tendência evolutiva a aderir facilmente a explicações simplistas e causais ordinárias...
onde um efeito emerge diretamente de uma causa...
adoramos citar 'lei do retorno', 'ação e reação'...
etc...
é natural...
para viver em florestas, também pecamos pelo 'falso negativo'... a aposta de pascal...
pelo bem e pelo mal, melhor acreditar...
vai que é verdade....
e pior, o falso negativo trabalho no sentido de evitar o risco...
o que seria???
a inteligência pode ser resumida como a capacidade de reconhecer padrões no universo, e na vida...
sendo assim, podemos nos sair muito bem, ou não...
podemos por exemplo deixar de reconhecer um padrão, em função da falta de conhecimentos prévios...
ou podemos reconhecer como um padrão algo que não é....
e esquizofrênicos, paranoicos, historicamente, quando também conjugaram a extroversão e a liderança em suas personalidades doentias, contribuíram para acentuar e tornar as crendices ainda mais grotescas...
estas crendices encontraram adeptos...
afinal adoramos o 'alarde', a 'anunciação', o 'animismo', e para completar o quadro, o efeito Prometeu: 'o homem como medida de todas as coisas'...
Este complexo foi percebido por aqueles que buscavam doentia e neurologicamente o poder...
e a máquina começou a girar...
o combustível das questões existenciais alimentava a fome desta enggrenagem...
o circo estava armado...
paralelamente, mentes mais lúcidas trataram de lutar contra isso...
devemos a estas mentes, nossos ancestrais diretos, rsrsrsrsrs, estou falando de você e eu, rsrsrsrs, a invenção do método científico...
homens notáveis, em uma linhagem notável, embora imperfeita - sem direito a 'divindades' da razão, nem utopias -, claro, preferiam ESPERAR PARA SABER...
INVENTARAM O MÉTODO CIENTÍFICO PARA TESTAR A NOSSA LUCIDEZ...
ESTAVAM INTERESSADO NA VERDADE...
ADOTARAM A ATITUDE CÉTICA...
buscaram olhar de perto, olhar os detalhes, baseado seus julgamentos em evidência, provas, fatos...
unindo causa e efeito através de hipóteses que foram corroboradas...
estes homens entenderam ainda que majoritariamente estávamos cercados de fenômenos multivariáveis, complexos e caóticos...
80% das pessoas com epilepsia não tem convulsões...
a maior parte não sabe que possui problemas nos lobos temporais...
após passarem por um surto, indivíduos portadores de epilepsia costumas relatar experiência místicas...
quando sensibilizamos os lobos temporais com capacetes magnéticos em experimentos neurocientíficos, produzimos em laboratório experiências místicas...
aqueles 80% que desconhecem o problema, costumam diagnosticá-lo precisamente porque passam a apresentar recursivas experiências místicas...
acreditando serem enviados de deus, ou canais de comunicação extra-terrestre, ou mesmo médiuns...
quando a família tem recursos e instrução, um neurologista é consultado e o problema encontrado...
mas como no caso de um conhecido médium de Uberaba, rrsrsrsrs, a coisa foi longe....
alterações nos lobos parietais causam a sensação de sair do corpo, como atestado em milhares de experimentos...
chegamos até a regular a 'altura' do vôo....
problemas no córtex cingulado e na parte anterior dos lobos frontais, afetam o discernimento entre ilusão e realidade...
e assim caminha a humanidade...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário