Pesquisar este blog

quarta-feira, 13 de março de 2013

Assim Caminha a Humanidade...



Aqui estou, 01:39hs... [dedicado à minha Tia Isa]


Aqui estou, enquanto todos descansam, há 03 horas, estudando sobre a Fenomenologia e o Existencialismo, e mais particularmente Hursserl... E sigo por mais umas duas horas... Na segunda traduzi a última entrevista de Jung, afinal trabalho em sua refutação... Ontem trabalhei no 'imprinting' para colaborar em um trabalho de faculdade de minha filha... E não posso deixar de pensar que, aqueles que estão inteiramente desinteressados por estudar, interessem-se antes em criticar-me... Sem o menor embasamento, além de seu arrogante solipsismo... Isso acaba de invadir o meu pensamento... Mas sigo com Husserl, afinal o tema é relativamente complexo, e seguramente muito chato... Parece ir do nada a lugar algum, e em círculos...

Uma interrupção para consultar Bertrand Russel e Onfray... 

Acabo de refletir que:

(..) a história da filosofia é um processo dinâmico de canibalização e ruptura, ou sincretismo e polarização... A fenomenologia existencialista rompe com o espiritualismo francês, que rompe por sua vez rompe com o materialismo... Mas neste processo, e fica evidente quando analisamos em perspectiva histórica, ao mesmo tempo que 'rompe' a nova onda recupera a conceituação da antecessora da antecessora... Visto de outra forma, o espiritualismo rompe com o materialismo, mas ao romper com o espiritualismo, a fenomenologia existencialista 'empresta ou absorve' aspectos do materialismo... E avançamos, recuamos um pouco, avançamos mais, recuamos outra vez, como em um zigue-zague ascendente... E esta tendência 'polirazadora', ou 'dicotômica', decorre de características da mente, em seu status evolutivo, como bem entende a Neurociência moderna... Avançamos de rompimento em rompimento, vagando de um oposto a outro, historicamente... Depois do Círculo de Viena, vamos abandonando este processo, e subindo em uma espécie de rampa, onde por meio do processo ou método científico - ou o ato de tomar ciência, ou tornar-se ciente - a caricatura ideológica da filosofia é pulverizada pelo respeito à prova, e passamos a caminhar com muito mais eficiência... Notamos os resultados em termos de adaptabilidade conferindo os FATOS... Eliminamos a falsa erudição e o 'achologismo'... Multiplicamos por 5 a população global, que levou 50.000 anos para conformar 1 bilhão, duplicamos a expectativa de vida, e diminuímos em quase 40 vezes a mortalidade infantil... 

Acabo de pensar nisso, e escrevi enquanto pensava em voz alta... Tais conceitos fazem parte de minha vida, mas a primeira metade da reflexão foi induzida só agora, assim como a conexão 'adaptativa' com a segunda parte - que eu já havia formulado... Já que não conversamos a tanto tempo, estou tratando de dividir um pouco mais de minhas vida como pensador e escritor com você... 

Beijos...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário