Pesquisar este blog

sexta-feira, 22 de março de 2013

Caminhando com Aristófanes...




[...] fui então interpelado por 'um pobre crente cego' - doravante "c.c." - sobre o meu post criticando a utilização apologética de um vídeo, onde uma criança - Elliot - nasce com severos problemas 'genéticos e de má formação gestacional', recebe tratamento intensivo e científico, agoniza, e morre prematuramente... Isso posto, a morte prematura e agonizante de um bebê, com apenas um ano de vida, vítima de severos problemas físicos e mentais, serve de ensejo para uma ode ao poder de deus, do tipo "milagre"... "Milagre por Elliot ter vivido um ano" - em péssimas condições... A amiga que publicou o infame vídeo, concluí:

"Exemplos de vida e de fé... Certeza de que estamos sob um controle maior... Emocionante..."

Emocionante??? Isso é terrível e assustador... "c.c." começa dizendo: 

"mas a cura vem do poder de deus" 

Decidi então responder à moda da casa, e inspirado pela colossal peça 'As Nuvens, de Aristófanes'; e transcrevo o diálogo que se seguiu (fazendo as devidas correções gramaticais, aliás o meu interlocutor também tinha problemas também com a língua portuguesa):

c.c.:
Mas a cura vem do poder de deus. Deus é forte, deus é mais. Deus guia os médicos.

Sherman:
Mas não houve cura... E ainda: se a cura vem do poder de deus, então deus poderia curar sem a ajuda dos médicos; e isso nunca foi observado 'em nossos dias'... No passado, na Idade do Ferro, longe das câmeras, e de testemunhas alfabetizadas, tais milagres foram procedidos... Mas com o 'acender das luzes', no Iluminismo, tais fenômenos cessaram... Por que deus agora só opera milagres por meio da Medicina moderna??? 

Elliot poderia ter nascido em casa, ou na igreja, e não precisaria de uma UTI Neonatal, com 24 horas de intenso monitoramento... Elliot, graças à exames de ultrassonografia, ressonância magnética, e exames genéticos, foi diagnosticado com sérios problemas... Deus não avisou aos pais de Elliot em suas preces, que ele - deus - estava criando uma certa situação nova em suas vidas... Aliás, deus parece preferir promover milagres no Albert Einstein e no Sírio-Libanês, passando bem longe das estatísticas de 'cura' no SUS... 

Diminuímos a mortalidade infantil em quase quarenta vezes, e duplicamos a expectativa de vida humana - trabalhando apenas nos últimos 300 anos, o que coincide com o avanço científico... Não seria mais plausível pensar que 'se a mudança ocorre apenas durante o fenômeno científico, então ela não estaria relacionada direta e efetivamente com a 'atitude' científica??? Com o nobre ato de tornar-se CIENTE pela investigação e pela prova???

c.c.:
Deus é o deus de tudo, e os médicos são instrumentos do senhor...

Sherman:
Acho que não leu o que escrevi acima, ou prefira simplesmente fechar os olhos... Mas cuidado, quando invocar o poder magnânimo de seu deus, deve lembrar-se de que tanto poder assim nos leva a algumas constatações constrangedoras... Deus quis que Elliot e seus pais sofressem??? Seria uma "provação"??? Deus quis negar a Elliot a oportunidade de viver??? E estes são os eventos cruciais aqui... Você, os pais de Elliot, e a amiga que publicou este vídeo, só conseguem apontar o "poder de deus em manter Elliot vivo, agonizando, e por um ano"... E mesmo assim de forma vazia, e insana...

c.c.:
[...]

Sherman:
A Trissomia-18, ou Síndrome de Edwards, é uma velha conhecida, e outros bebês, apesar de todas as complicações, já haviam sobrevivido ao parto, e vivido mais ou menos do que Elliot... Esta sobrevida está diretamente ligada aos aparelhos e recursos envolvidos, assim como as respectivas terapias - intensivas - médicas... Elliot não foi um milagre, Elliot se comportou de forma previsível, diante das condições de contorno e diante das circunstâncias... O único 'milagre' que parece existir aqui - e parafraseando Quintana - 'é que muitos acreditem em tudo isso'... em toda esta baboseira messiânica, falsamente oportunista, e doentiamente apologética... 

Os pais de Elliot prestam um desserviço à Ciência, que efetivamente lhes permitiu certo tempo na companhia de seu bebê, inteiramente bloqueado em suas capacidades cognitivas... [As características principais da síndrome são: atraso mental, atraso do crescimento e, por vezes, malformação grave do coração. O crânio é excessivamente alongado na região occipital e o pavilhão das orelhas apresenta poucos sulcos. A boca é pequena e o pescoço geralmente muito curto. Há uma grande distância intermamilar e os genitais externos são anômalos. O dedo indicador é maior que os outros e flexionado sobre o dedo médio. Os pés têm as plantas arqueadas e as unhas costumam ser hipoplásticas.]

c.c.:
Este é o castigo de deus.

Sherman:
Castigo contra quem? Contra os pais de Elliot??? Seria impossível encontrar um casal mais cegamente devoto, disposto a 'suspender' a responsabilidade de deus em relação ao nascimento e à morte de Elliott... E depois, decidem 'suspender' o mérito da Ciência em ajudar Elliot a ter alguma 'sobrevida'... E terrível que digas isso... Castigo???

c.c.: 
O homem tem o livre-arbítrio e matou o filho de deus...

Sherman:
Mas 'c.c.' não existe esta estória de livre-arbítrio, e não me venha com esta vingança de deus sobre a humanidade em função daquela 'fabuleta' do Gênesis... E o seu 'deus de amor' prefere vingar-se sobre Elliot, o inocente Elliot, e seus devotos pais??? Com tantos mal-feitores por aí, criminosos como Edir Macedo, R.R. Soares, os Hernandez, Valdemiro Santiago, INFELICIANO, Malafaia, o senhor 'Jorge Mário' e o seu 'império cristão', e o seu deus vem tripudiar sobre estes pobres fiéis??? 

c.c.: 
É um milagre de deus...

Sherman:
Estou perdendo o meu tempo, e pareço estar conversando com uma gravação... Há algum tempo, eu seria queimado por tudo o que digo, embora só faça fustigar e endereçar a VERDADE... De olhos bem abertos... Livre... Isso seria punido com a morte, seria punido como 'heresia'... Mas este tempo já passou... O seu deus chama deficientes físicos de párias - ou indesejáveis em seu altar -, e chama aos leprosos de IMUNDOS, de amaldiçoados... Mas gostaria de recordar sobre um episódio relativamente recente, durantes os resgates no terremoto do Haiti... Uma 'maternidade' foi destruída durante o terremoto, morreram todos os bebês, mães, médicos, médicas, enfermeiros e enfermeiras... Mas após 36 horas de buscas, uma mulher foi salva... Manchete: "MILAGRE"... Assim como no Chile, durante um acidente em uma mina, onde haviam 13 mineiros trabalhando... Quando as equipes de resgate chegaram aos mineiros, só havia de fato um sobrevivente... Manchete: "milagre" - a mesma ilusão, só que em letras minúsculas...

Isso tudo é tão infantil, tão doentio tudo isso, e não posso deixar de perceber uma certa desonestidade no ar - ou uma epidemia de cegueira... Cegos pela crença, parecem andar de olhos abertos, a caminho da escravidão... Triste destino dos acéfalos em Cristo... E tenho dito...

c.c.:
[...]

NA PEÇA DE ARISTÓFANES, QUE SERVE DE INSPIRAÇÃO PARA ESTA E OUTRAS RESPOSTAS, O ANÁLOGO AO 'c.c.', AO FINAL, PÕE FOGO NA ESCOLA ONDE O SÁBIO, - O PERSONAGEM  SÓCRATES -, QUE LHE PRESTOU OS DEVIDOS ESCLARECIMENTOS, LECIONAVA - E CUIDOU PARA QUE ELE ESTIVESSE DENTRO...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário