Pesquisar este blog

quinta-feira, 21 de março de 2013

Estupro - em nome de DEUS...



Um amiga publicou a mensagem acima...

Comentei:

Lembrando que a bíblia presume que 'a mulher estuprada - noiva -, que não gritar suficientemente alto, deve morrer' - Deuteronômio [22:23-24]... Também em 'Números', sob as ordens de Deus, o exército de Moisés derrota os midianitas... Eles matam todos os homens adultos, e levam presos as mulheres e crianças... Quando Moisés soube que alguns ainda viviam, ele disse furiosamente: "Deixastes viver todas as mulheres? [...] Matai todo varão entre as crianças; e matai toda mulher que conheceu algum homem, deitando-se com ele. Porém todas as crianças fêmeas que não conheceram algum homem, deitando-se com ele, para vós deixai viver"... Assim eles voltaram e fizeram como Moisés (e presumivelmente Deus) havia instruído, matando todo mundo com exceção das virgens... Deste modo salvaram-se 32.000 virgens, para serem 'usadas'... Que emocionante!!! Deus tem um plano para saquear e matar não crentes, e escravizar suas virgens, sugerindo que sejam tomadas "para vós", i.e., para seus guerreiros assassinos - Números [31:1-54]... O que presume violência e estupro... Este tipo de discurso, culpando ou responsabilizado mulheres pelo estupro cometido por homens, ou tratando o estupro como despojo de guerra, está avalizado pelo próprio deus judaico-cristão-islâmico; e mais do que denotar o MACHISMO destas culturas, demonstra também a misoginia, o ódio e as atrocidades cometidas contra as mulheres ao longo de milênios... EM NOME DE DEUS...

Carlos Sherman



Nenhum comentário:

Postar um comentário