Pesquisar este blog

domingo, 10 de março de 2013

Para quem não escuta, não sabe e não vê...



Publicaram um maravilhoso vídeo sobre a Ciência Médica, recuperando ou ajudando com implantes na audição de crianças que nascem com deficiência auditiva, e com os dizeres:


"LINDOOOO *---*
Este bebê de 8 meses nasceu surdo, assistir ao momento em que seu implante coclear é ativado e ele ouve o som pela primeira vez, e a voz de sua mãe. Lindo momento."

E choveram comentários, inclusive com alusões a - pasmem - 'deus'... Não existem muitas hipóteses, cinismo, ignorância extrema, ou problemas neurais:

"tudo é possivel so basta vc cré"...

"É Deus operando na mão dos homens!"

"'DEUS' não fáz!é porque ele já CAPACITOU O HOMEM A FZR SUAS OBRAS!E ESSE MOMENTO!É FANTÁSTICO."

"lindoooooooo Deus é GRANDEEEEEEEEEEEE"

"deus preparou seres pra ajudar realizar este milagre.deusé maravilhoso.."

"q coisa mais linda DEUS abençoe ele muito"

"Igual o amor de Deus por nos é infinito... E com esse "fato" fica provado qe ele é DEUS."

Coincidentemente os comentários CRENTES continham mais erros de português... Mas houveram comentários humanos, carinhosos e solidários, como:

"Existe alegria maior para uma mãe e para o profissional responsável? Lindoooooooooo..."


"Eu admiro muito esses médicos que fazem diferença!!!"

"Me emociono, porque é uma sensação e um momento único, entre mãe e filho!!!"

Sim, é tudo isso e muito mais... Mas:

Linda a cena, e graças à ciência médica,, majoritariamente descrente em deuses... Aliás, ciência essa que estuda o 'problema' da crença em fantasias, deuses e no sobrenatural... Os debates apontam para problemas evolutivos no cérebro, com destaque para os lobos temporais - e a epilepsia -, lobos parietais, córtex cingulado e pré-frontal... 

É uma ofensa á dignidade humana este papo de 'deus faz por meio dos homens'... Deus pode fazer direito, evitar o sofrimento de uma criança, que em geral só será cuidada e avançará em suas limitações - sendo que normalmente não serão perfeitas - se as condições financeiras forem adequadas... Pensem sobre isso... Os países onde tais crianças, com estas e outras limitações, receberão apoio são países majoritariamente descrentes... E os médicos que desenvolveram estes e outros métodos similares também não creem em deuses, como Oliver Sacks, profundo estudioso deste e de outros temas, onde deus prefere desafiar os homens...

É absurdo... Desde o Paleolítico Superior, com o homem de Cro-Magnon, há 50.000 anos, até o fim da Idade Média - quando as religiões dominaram o mundo -, e passando pelo período bíblico, e quando o próprio 'Cristo' esteve na Terra, amargamos uma expectativa de vida entre 30 e 40 anos... Inclusive Cristo morreu um pouco abaixo da média, entre 200.000 homens crucificados pelo Império Romano... Em pouco mais de 300 anos, a ciência médica evoluiu à ponto de duplicar esta capacidade, e diminuir em mais de 40 vezes a mortalidade infantil... Vivemos mais, vivemos melhor, perdemos menos crianças ao nascer... 

Sem a ciência descrente, continuaríamos tratando deficientes físicos como manda a bíblia: como PÁRIAS... Continuaríamos considerando doenças como possessões demoníacas, e seguindo o exemplo de DEUS, quando chama aos leprosos de imundos... Por meio da ciência contestamos deus, afinal os nossos irmãos leprosos sofrem por meio de um bacilo, mas não porque são maus... E doenças não são resultado de possessão demoníaca, como Hipócrates tratou de alertar cerca de 400 AEC - Antes da Era Comum... 

Deus é um severo desvio de confirmação, e a moderna Psicologia Evolutiva, a Neurociência Cognitiva, assim como a Genética a Etologia, e a Neurofisiologia, conhecem suas causas... O problema é o gap entre ciência e educação... Menos igrejas, e mais universidades... Mais 'milagres' aconteceriam... Deixo uma última reflexão: 'por que deus opera mais milagres no Albert Einstein e no Sírio Libanês???'... 

Triste destino...

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário