Pesquisar este blog

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Sêneca




"Depois da morte não há nada e a morte também não é nada."


"Nisto erramos: em ver a morte à nossa frente, como um acontecimento futuro, enquanto grande parte dela já ficou para trás. Cada hora do nosso passado pertence à morte."


"Pobre não é aquele que tem pouco, mas antes aquele que muito deseja."


"Não há nada mais belo do que ser tão querido da tua mulher, que te tornas querido de ti mesmo."


"Todos os meus bens estão comigo."


"Vive de tal maneira que não faças nada que não possas dizer aos teus inimigos."

"Perguntas-me qual foi o meu progresso? Comecei a ser amigo de mim mesmo."

"Nenhum bem sem um companheiro nos dá alegria."

"Raros são aqueles que decidem após madura reflexão; os outros andam ao sabor das ondas e longe de se conduzirem deixam-se levar pelos primeiros."


"A embriaguez excita e traz à luz todos os vícios, tirando aquele senso de pudor que constitui um travão aos instintos ruins."

"Não te interesses sobre a quantidade, mas sim sobre a qualidade dos vossos amigos."

"Os fatos devem provar a bondade das palavras."


"Ensinando, aprende-se."

"É muito comum acontecer de justamente quem viveu muito ter vivido pouco."


"Quando a velhice chegar, aceita-a, ama-a . Ela é abundante em prazeres se souberes amá-la. Os anos que vão gradualmente declinando estão entre os mais doces da vida de um homem, Mesmo quando tenhas alcançado o limite extremo dos aos, estes ainda reservam prazeres."

"Se quer ser amado, ame."


"Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida."


"Cala-te primeiro se queres que os outros se calem."

"As coisas que nos assustam são em maior número do que as que efetivamente fazem mal, e afligimo-nos mais pelas aparências do que pelos fatos reais."


"Desventurado é aquele que por tal se julga."


"Possuir um bem, sem o partilhar, não tem qualquer atrativo."

Sêneca














Nenhum comentário:

Postar um comentário