Pesquisar este blog

domingo, 23 de junho de 2013

Thoreau, Revoluções e o Fim do Mundo




O meu amigo Daniel Lima publicou uma parte de nosso diálogo, o que me enche de sincero orgulho:


Por Carlos Leger Sherman Palmer

[...] Brother, com o todo o respeito não consigo fechar com as premissas e sobretudo com a conclusão... Mas o papo é bem complexo e acredite, acabo de escrever neste exato momento o título de um novo capítulo de meu livro: "147. O Poder Como Fim – A Falácia das Ideologias [Mlodnow: Os Nossos Já Estão Traçados Antes Mesmo Que Votemos – e Esquerda ou Direita, Democratas ou Republicanos]"...

Sugiro que leia Pinker, "Os Anjos Bons de Nossa Natureza", e Leonard Mlodnow, "O Andar do Bêbado" e "Subliminar"... A vida, o homem, a sociedade, a cultura, as escolhas, não são o que parecem... De forma que todas as análise de cunho sociológico que tenho lido estão tão distantes da realidade - pouco conhecida - que não me animo a seguir o diálogo...

Discordo de sua alegação de que "o VOTO NULO é o mais democrático de todos os votos"... Mas acho que o voto não deveria ser obrigatório, ou seja, quem não tem o que dizer não deve ser obrigado à uma escolha... Podendo admitir uma posição apolítica ou simplesmente inconforme com a política... Votar nulo manifesta a mesma posição, mas sem dúvida não resolve nada, e não contribui com nada... Uma negação não é uma forma de proposição positiva... Só existe evolução possível através do melhoramento contínuo... Não existe 'o problema', nem 'a solução'...

Você diz "nem PT nem PSDB"... Existem pessoas, autocratas, cleptocratas, e usurpadores, espalhados pela humanidade, e selecionados pela genética via cultura... E pronto... E sempre estarão entre nós, e regados por todos os partidos... Esqueceu-se do Maluf, Collor, Calheiros??? Eles não pertencem ao PT nem ao PSDB... Na verdade existem outros atores importantes como o PMDB, Democratas, PFL, e as quadrilhas lideradas por Collor e Maluf... A encrenca é grande... Ainda penso que, pelo FATOS, e acima de opiniões, o governo de FHC foi o melhor dos últimos tempos... Mas temos um problemaço com o PSDB de hoje, chamado: Aécio Neves...

Na realidade Daniel, não existem ideologias... E os partidos no Brasil - e no mundo - são meros grupos de interesses... Então precisaremos empossar alguém, e olhar para os 'homens' que pendem os nossos votos... Aécio Neves é um bandido... Sergio Cabral passou pelo PSDB, PFL, e está no PMDB - bandido... Eduardo Paes é bandido, PMDB... O PT, o PFL e PMDB-Calheiros, não dá... O PMDB-Simon pode trazer alguém, e temos o PV, parte do PSOL como alternativas... Jean Wyllys seria o meu candidato...

Tenho votado no PV por falta de opção... A questão também é complexa porque os meus parcos candidatos estão em outros estados... Candidate-se, rsrsrsrsrs... Tem o meu voto, rsrsrsrsrs....

De certa forma, parte deste grupo 'fominha', os empreendedores, os empresários gananciosos, produzem a alavancagem pela ambição, e quando moderados pelo sistema, impulsionam o desenvolvimento - vide a História de Vanderbilt, Carnegie, Rockfeller, pobres e empreendedores, que se tronaram ricos inescrupulosos, mudando para sempre o curso da História, 'positivamente'... Impulsionaram  o mundo moderno, mas no final de suas vidas foram levados aos tribunais, como resposta do sistema... Temos que estudar, conhecer a História, e o comportamento humano, para abandonar com segurança a vitimologia... 

E existem os cleptocratas, aqueles que só pensam em esquemas, em negociatas, em grana, e no controle do poder como fim em si mesmo... Este tipo de homem será sempre atraído pelo caminho mais fácil até a grana, sem escrúpulos... Igrejas e Órgãos Públicos estão infestados deste tipo de homem... EM TODO O MUNDO... Rigorosamente... Este é um fenômeno humano...

Se acompanhou e gostou até aqui, deve estar se perguntando: 'e o que faremos?'... O que sempre fizemos, seguimos em frente, aprimorando os nossos sistemas públicos, leis, procedimentos, termos de conduta.... Que serão sobrepassados e contornados por 'eles', e deveremos continuar a fazê-lo, e por isso peço sempre FOCO... 

Temos alguns pontos chaves neste momento, sendo o mais importante dele a derrubada da PEC37, e depois o fim do voto secreto parlamentar... Não existe democracia representativa no Brasil, porque não sabemos em que matérias, e como, os nossos 'nobres edis' estão votando... Estes pontos são cruciais, e existem outros... O incesto entre Judiciário e Executivo, pela nomeação de ministros para o STF... A necessidade de exigir certo nível mínimo de conhecimento para a elegibilidade, etc... E sugiro a equiparação dos crimes com o dinheiro público à categoria de crimes hediondos...

É através de ações concretas e do melhoramento contínuo que aprimoraremos os sistemas, para que os cleptocratas encontrem resistência e sejam desestimulados a pronunciarem-se sobre o dinheiro público... Com o fim da imunidade parlamentar, fim do foro privilegiado, com os votos abertos, votaremos melhor, e puniremos os criminosos... E assim por diante... E é por causas como esta que devemos povoar as ruas... Protestemos pacificamente, ordeiramente, e demonstrando que estamos em condições de escolher entre o que é certo e errado... Protestemos também pela transparência e agilidade no encarceramento dos criminosos do mensalão... Onde estão os nomes, as penas, o que falta para que os bandidos estejam na cadeia...

Proponho também que lutemos para mudar o Código Penal, retirando qualquer tipo de foro privilegiando ou relaxamento de pena em função de 'curso superior', e ao contrário, agravando a pena para quem tem curso superior, afinal isso implica em maior consciência sobre o feito e o delito...

Não existem milagres, e problemas complexos demandam soluções complexas... Sempre lembrando que não podemos cobrar a observância das leis afrontando as próprias leis...

Um forte abraço....

Carlos Sherman

Recebemos um nobre comentário:

Caro amigo e importante entender que ate mesmo no caos existe uma ordem, assim como entropia determina a natureza das acoes e dos acontecimentos, vivemos uma conjunctura impar, pois nao existem ideias prontas e estabelecidas quense adequam a realidade, assim como tambem as ideologias nao serao capazes de nos iluminar, neste momento fica a maxima de thoreau....o que acreditamos estar certo e o unico motivo para lutarmos.

Contestei:

Prezado Hugo Xavier, agradeço o comentário, mas podemos usar a Termodinâmica pra refutar o que foi dito como premissa, rsrsrsrs... O fato de existir alguma ordem no caos não implica em que 'o caos' deva nortear as nossas ações... E em absoluto... O decréscimo da violência desde grupos anárquicos até os nossos dias é de 100 vezes... Quando mais anárquico mais violento... Essa é uma lei da 'Termodinâmica Social'... Estude em Pinker, 2103, 'Os Anjos Bons de Nossa Natureza', o maior tratado já escrito sobre a violência em todos os tempos... Leia também 'O Processo Civilizador', Elias, Volumes I e II... Então, a seguinte premissa, de que "vivemos uma conjuntura impar", é também falaciosa e improcedente... 

Hoje recebi visita de Testemunhas de Jeová sugerindo que eu me converta diante de uma 'conjuntura é ímpar', o "fim do mundo eminente"... Pude refutar suas premissas com facilidade, e evidentemente elas não ficaram satisfeitas... Trata-se de um processo contínuo, natural, humano, contingente, convergente, e sempre ascendente em termos de melhoramento... Baseado em que parâmetros??? Parâmetros objetivos: (1) Aumento da Expectativa de Vida; (2) Diminuição da Mortalidade Infantil; (3) Melhor Distribuição de Renda; (4) Diminuição da Violência; (4) Aumento da qualidade e acesso à Saúde... 

Os Inuites, Jivaros e Bosquimanes são os povos mais violentos da Terra... Não somos uma Tábula Rasa... Não existe 'A Solução', e o 'Apocalipse' não é eminente... E estas sempre foram as desculpas para a brutalidade e atraso promovidos por Revoluções... É fundamental que você verifique os meus dados, mas posso assegurar que estão corretos... Melhoramos em rampa ascendente em forma de serra, cujos dentes estão relacionados com as perturbações das mudanças de paradigma... Mas estamos sempre melhorando, impulsionados pelo necessidade de sobrevivência e pelo conhecimento acumulado... 

Sim Hugo, insisto, não existes milagres, não existe a necessidade de salvadores, não existe o paraíso, só existem os processos a serem aprimorados... Sejamos consequentes, sérios, se quisermos seguir o curso da História de maneira positiva... Sei que isso 'Quebra o Encanto' de muitos, mas também sei que estou endereçando a verdade...

Sobre Thoreau, devo lembrá-lo de que viveu como um ermitão em sua choupana, sem amores, sem filhos. SEM VIDA - em minha perspectiva HUMANA... Não posso considerar o seu solipsismo como adequado à minha vida, e nem à sua, e nem ao nosso país, ou qualquer outro... Conhecendo o quanto estamos expostos à doutrinação, hipnose coletiva, ilusões, delírios, e alucinações, prefiro pensar com o que disponho no século XXI... Thoreau não conheceu a Neurociência, nem a Genética, ou a Etologia, e portanto não posso culpá-lo... Não vejo nada de heroico em morrer aos 45 anos de tuberculose... E não vejo nada de poético em não ser capaz de compartilhar experiências com outros humanos, e praticar a empatia... Thoreau certamente padecia de importantes problemas psicossociais, com ampla suspeita para a região ventromedial dos lobos frontais... Rsrsrsr, perdão pela piadinha, mas é sério... 

Hugo, respeito imensamente os seus argumentos, e refuto diametralmente cada um deles com o mesmo respeito... Espero ter ao menos esclarecido a minha estrutura de pensamento, ou pensabilidade, rsrssrs, e sobretudo assegurado coerência e integridade intelectual... 

Um forte abraço...

Carlos Sherman


Nenhum comentário:

Postar um comentário