Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Uma Verdade Inconveniente



A 'infantilidade' obscura e cruel, da materialização 'marxiana' do 'ideário' platônico de Hegel, não mostrou a sua face totalitária e assassina apenas no genocídio stalinista; a aposta leninista, em seu grotesco levante utópico, moldou a matriz, e doutrinou 'os camaradas', sobre como prosperar sobre a liberdade de pensamento e a consciência individual, e sobre como amordaçar e vigiar a verdade... O leviatã gótico, o estado-deus, submete, à força, o novo homem, o homem-formiga; uniformizado, monolítico, envolto em cinismo, enquanto ajusta a pontaria dos pelotões de fuzilamento... E fazendo tudo isso parecer, pela força da propaganda, com um assassínio 'heroico' e inevitável... Um sacrifício divino...

Não pode lutar por sua liberdade quem ao mesmo tempo a usurpa... Tal proeza será apenas, e sempre, mero jogo de cena, descabido engodo... Esquerda e direita??? Qual é o lado do poder totalitário???

Pois Marx, aristocrática e 'hegelianicamente', subverte a importância da liberdade e da individualidade, ao "espírito - imaculado - do estado"; e o direito à vida, estaria menosprezado em favor do "fenômeno histórico", enquanto as bandeiras vermelhas tremulassem, indicando a cor do PREÇO a ser pago... Qual o valor da História se não contar as estórias dos homens??? 

E daí, e enfim, efetivamente o comando: FOGO...

Entendam ou refutem - aqueles que forem capazes, pelo estudo abnegado... Ou vilipendiem e atirem pedras - os ignorantes e devotos... Mas estudem sempre... Não retornaria a um tema tão ridículo e ultrapassado, se não fossem as hordas de crentes 'marxianos', reavivando as falácias do 'bom selvagem', do 'bom marxista', do 'conspiracionismo' doentio, e o fingimento de que nada de horrendo se deu enquanto a Internacional Socialista triunfava sobre a vida e a liberdade.... Enquanto pisava com os seus gastos coturnos todo o leste europeu, grande parte da Asia, para estabelecer as cortinas de ferro da URSS... Esmagando vidas, queimando livro, pela forma da sandice maoista, apagando a pluralidade, resolvendo as divergências à bala, incitando as guerras da Korea, Vietnam, Afeganistão... Além do fato de que a estupidez sempre insiste...

Nas sábias palavras de Camus - um homem verdadeiramente livre e coerente:

"Contar-se-ão nos dedos da mão, os comunistas que chegaram à Revolução pelo estudo do marxismo... Convertem-se primeiro e só depois leem as Escrituras..."Albert Camus(O Homem Revoltado - L´homme révolté)

Os desvios cognitivos de confirmação para crenças políticas e religiosas é rigorosamente o mesmo... Quem vê 'paz em Che', pode ver 'amor na bíblia'... Cegos de todo o mundo: uni-vos... Basta abrir os olhos para VER!!! 

E assim - ainda - caminha a humanidade... E não há muito mais a ser dito... Aqui está endereçada a verdade... 

Carlos Sherman

Nenhum comentário:

Postar um comentário