Pesquisar este blog

quinta-feira, 4 de julho de 2013

O 'ôba-ôba' da PNL...



Solicitaram um comentário sobre uma matéria afirmando que a PNL pode torná-lo mais feliz:

Superficial... e desconsidera a 'natureza humana' e a 'natureza individual'... Uma matéria improcedente, mas que contém alguns poucos pontos procedentes... Recomendo a leitura de Sacks, Damásio, Pinker, Dennett, Bloom, Ridley, entre outros, para melhor compreensão do tema, e melhor compreensão sobre o comportamento humano... As técnicas da PNL podem contribuir em um processo, mas não representam 'o processo'... O equilíbrio bioquímico envolvido em nossas funções neurais e nas sensações de realização, depressão, euforia e tensão, não podem ser contornados permanentemente com a PNL... Falando nisso, preciso passar na Ginecologista de minha mulher para pegar um anti-depressivo que atenua a TPM, rsrsrsrs... É um ótimo recurso para preservar o seu casamento, rsrsrsrs... Evidentemente existem outras alternativas como exercícios físicos e técnicas de relaxamento, e a PNL também pode ser invocada aí, mas não passam de técnicas, truques, que não produzem - em absoluto -, mudanças permanentes e profundas... Os transientes bioquímicos sempre estarão ocorrendo e mudando o nosso humor e resposta aos estímulos exógenos...

Carlos Sherman 

Nenhum comentário:

Postar um comentário