Pesquisar este blog

domingo, 20 de outubro de 2013

THE REAL THING (I)

Imagem REAL, conforme capturada pelo VLT (Very Large Telescope) do ESO (Europe Southern Laboratory)... O VLT é um telescópio operado pelo ESO em Cerro Paranal, no deserto de Atacama, norte do Chile... É composto por quatro telescópios individuais, cada um com um espelho primário de 8,2 m - geralmente usados separadamente, mas que podem ser usados em conjunto para alcançar altíssima resolução angular... Os telescópios formar uma matriz que é complementado por quatro telescópios auxiliares móveis (ATS) de 1,8 m de abertura...
O VLT opera em comprimentos de onda visíveis e infravermelho... Cada telescópio indivídual pode detectar objetos cerca de quatro mil milhões de vezes mais fracos do que podem ser detectados a olho nu, e quando todos os telescópios são combinados, a instalação pode conseguir uma resolução angular de cerca de 0,001 segundo de arco... Isto é equivalente a cerca de dois metros na distância da Lua - por exemplo... Entre as observações pioneiras realizadas usando o VLT estão a primeira imagem direta de um exoplaneta, o rastreamento de estrelas individuais em movimento ao redor de um buraco negro supermassivo no centro da Via Láctea, e observações da mais distante explosão de raios gama... E deste colossal evento documentado por esta magnífica foto... 100% REAL... Pra quem curte o VALOR DA REALIDADE... Todo o empenho, engenhosidade, criatividade, e sentido de aventura - que capitaneia a Astrofísica...

Nenhum comentário:

Postar um comentário