Pesquisar este blog

domingo, 16 de março de 2014

Todos 'eles'???

"Os homens não conseguem desejar a mulher que amam, nem amar a mulher que desejam."
Jacques Lacan
E a vida mostra isto mais dias menos dias. Questão de tempo.
Curtir ·  ·  · há 3 horas · 
  • 10 pessoas curtiram isso.
  • Zana Otto Q CONFUSÃO!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
  • Angela Vieira hum hum amiga.
  • Carlos Leger Sherman Palmer Todos eles??? Rrsrsrs, esqueçam Lacan...
  • Angela Vieira nada é unanimidade, mas digamos que a maioriaCarlos
  • Carlos Leger Sherman Palmer Rsrsrsrsrsrs, isso depende, e pode rolar de mulher para homem também... Gostar, desejar, amar, são questões bem complexas para resumirmos com aforismos... E Lacan não parece ter entendi do muito sobre o comportamento humano... Querida, acho que estes aforismos rompantes, 'a mulher é isso', 'o homem aquilo', não levam a absolutamente nada... Perdão que o diga... E obviamente podemos discordar... Mas pense no objetivo de publicá-los... Pense bem... Se existem bons motivos, acho que seria imperioso estudar o comportamento humano para contribuir ainda mais... O 'achar que' precisa estar acompanhado do 'saber como'... Homens e mulheres tem mais similaridades do que diferenças - embora possuam tocantes diferenças... E homens e mulheres são humanos, têm personalidades 'humanas'... Insisto que existem homens e mulheres de todo o tipo... Precisamos encarar os aspectos evolucionários, genéticos, gestacionais, imprintings, meio compartilhado e não-compartilhado, papéis sociais, aprendizado... E teremos humanos.. O sexismo não conta toda a estória sobre homens e mulheres, e na verdade não conta estória alguma - e desfarei esta confusão em meu livro 'ADÃO - O Sexismo e As Origens da Homofobia'... Se concordamos, você e eu, que não existe essa dualidade de gênero quando tratamos da questão homoafetiva, por que nos aferrar à questão de gênero para outros propósitos??? Não lhe parece contraditório??? Pense bem... Existem diferenças entre homens e mulheres, mas cuidado quando ressalta tais diferenças, porque boa parte dela simplesmente não existe, e boa parte vem de discursos feministas e homofóbicos... O que denotamos como 'mulher'??? Estamos nos referindo ao aparelho genital??? Se assim é, como ficaremos na questão homoafetiva??? Existem 'homens' - pelo critério genital - que sentem-se como mulheres... E aí??? O 'gênero no cérebro' é tão complexo que permite que os genitais sejam deixados de lado quando encaramos a questão do afeto... E sendo assim quem são os homens e mulheres???
  • Carlos Leger Sherman Palmer Homens acusam mulheres de serem interesseiras, de pensar em carro, grana, etc... E podemos concordar que as mulheres se aferram mais à condição econômica do candidato do que o homem... Isso é evolucionário...
  • Angela Vieira Carlos...eu nao preciso estudar meu querido pra ver isto. Eu já vejo isto em muitos casais, passei por isto e nao tenho tantas reservas quanto à Freud Lacan e Deus como vc tem. Mas esteja ciente que aqui vc pode dar toda opinião que vc quer.Leio todas por considerar vc uma pessoa com cultura e que gosto disso. Fique a vontade.
  • Carlos Leger Sherman Palmer Da mesma forma homens têm uma tendência evolucionária à 'escapadinha'... Não estou defendendo isso, estou explicando este vetor no cérebro dos machos mamíferos - todos eles...
  • Carlos Leger Sherman Palmer Sobre o comportamento humano virão miríades de acordos sociais, e então não podemos invocar a tendência da mulher à solidez financeira, nem do homem à multiplicidade de parceiras... E nos dois casos, se rotularmos homens e mulheres de tais comportamentos estaremos sendo muito infelizes...
  • Carlos Leger Sherman Palmer Ou seja, sugiro de fato pensar melhor na motivação dos aforismos, e sendo assim procurar aprofundar a questão... Vou dedicar um capítulo de meu livro a você, rsrsrsrsrsr...
  • Carlos Leger Sherman Palmer Querida diz que não precisa estudar mas deseja opinar, só posso silenciar e não perder o meu tempo... Não é uma questão de 'reservas' quanto a Freud e Lacan, é uma questão FACTUAL... Freud estava absurdamente equivocado, Lacan seguiu no mesmo barco... Até certo ponto... Mas é isso, você pretendo o direito de opinar, e eu não deveria abrir o Facebook, pois fico tentado a endereçar a verdade... Você 'acha que' e não precisa 'saber como'... Só posso deixa-la na companhia de Lacan: 

    "Nossa prática é uma trapaça, blefar, fazer as pessoas pestanejarem, impressioná-las com palavras astuciosas, é de qualquer forma o que se costuma chamar de engodo. [...] Do ponto de vista ético, nossa profissão é insustentável; é, aliás, justamente por isso que eu fico doente só de pensar nela, porque eu tenho um supereu como todo mundo.[...] Trata-se de saber se Freud é ou não um acontecimento histórico. Acredito que ele fracassou no seu golpe. É como eu; em muito pouco tempo ninguém mais se importará com a psicanálise"
    Jacques-Marie Émile Lacan

    Lacan fez a 'mea culpa', em uma conferência proferida em Bruxelas em 26 de Fevereiro de 1977, transcrita na íntegra pela revista Le Nouvel Observator, no. 880, de Setembro de 1981, p.88... Lamento informar, e este é o resumo da Ópera... Boa noite...

Nenhum comentário:

Postar um comentário